Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/01/2008 07:25

Pesca irregular: 43 pessoas presas em MS

PMA

A Policia Militar Ambiental do Estado de MS divulga balanço de 02 meses da operação piracema. Confira:

Os resultados obtidos na fiscalização durante o segundo mês da operação piracema demonstram que a estratégia que a Polícia Militar Ambiental tem mantido nos últimos anos, de destinar a fiscalização aos pontos críticos, ou seja, cachoeiras e corredeiras tem dado certo e os recursos pesqueiros do Estado estão sendo bem conservados. Até o momento foram apreendidos 1350 kg de pescado. O número que a PMA sabia ser exagerado para o primeiro mês de piracema estabilizou-se e está mantendo a tendência de que as apreensões não passem muito das 02 toneladas, quantidade, que tem sido apreendida nas últimas piracemas, após a instalação dos postos nos pontos críticos, além da vigilância dos cardumes.
O número de pessoas presas, que é de 43 até agora, embora esteja elevado, a tendência é que passe pouco da quantidade presa na piracema passada. No mês de novembro, quando foram presas 34 pessoas, a PMA julga excessivo, mas esperado, pois, a maioria das pessoas arrisca-se de início a pescar, entretanto, quando se divulgam que várias estão sendo presas, há uma diminuição esperada de pescadores arriscando-se.
A PMA espera que, com a fiscalização intensiva, haja sempre um grande número de pessoas presas no momento que iniciam a pescaria, ou seja, sem que tenham conseguido capturar grande quantidade de pescado. Os números mostram isso e, esta é a melhor estratégia. Isso. A ordem do Comando continua sendo a de encaminhar os autuados às delegacias para serem presos em flagrante, embora estes saiam após pagarem fiança. No entanto, isso serve para demonstrar ao autuado de que ele está cometendo um crime passível de cadeia. Além do mais, em caso de reincidência não há fiança. As pessoas autuadas responderão a processo criminal e poderão, se condenadas, pegar pena de 01 a 03 anos de detenção. Além disso, a multa administrativa é de R$ 700,00 a R$ 100.000,00, mais R$ 10,00 por quilo do pescado irregular.
A quantidade de petrechos de pesca, barco, motores de popa apreendidos está dentro do que se apreendeu em piracemas anteriores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)