Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/09/2010 19:14

Peritos temporários começam a trabalhar no INSS na segunda quinzena deste mês

Carolina Pimentel, Agência Brasil

Brasília - A partir da segunda quinzena deste mês, os peritos temporários devem começar a trabalhar nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para regularizar as perícias, suspensas por causa da greve da categoria, que já dura mais de dois meses. A contratação emergencial atende a decisão da Justiça paulista que estabelece prazo de 15 dias entre o agendamento da perícia e o atendimento médico.



O instituto publica amanhã (3), no Diário Oficial da União, as regras para o credenciamento e contratação dos profissionais para as cidades onde o atendimento está atrasado. O perito precisa estar com a situação regularizada no conselho de medicina da sua região e não pode fazer parte do quadro de pessoal do INSS. Não está autorizada a contratação de parentes de peritos do INSS.



Os temporários terão de firmar termo de compromisso. O contrato de trabalho será pelo período máximo de 180 dias, podendo ser suspenso antes do prazo caso o problema seja sanado. Os exames deverão ser realizados nas agências da Previdência Social em dias e horários a serem definidos pelo INSS – somente em situações excepcionais, as perícias poderão ser feitas fora desses estabelecimentos. Ficou estipulado limite de 524 perícias mensais por médico temporário.



A Previdência Social estima que 400 mil perícias deixaram de ser feitas desde o início da greve.



Edição: João Carlos Rodrigues

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)