Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/11/2004 15:35

Perícia pode ficar restrita a profissional concursado

Agência Câmara

A previsão de uso dos serviços de peritos não oficiais, em locais onde eles não existirem, pode ser revogada do Código de Processo Penal. A mudança está prevista no Projeto de Lei 4325/04, da deputada Iriny Lopes (PT-ES). Para a deputada, a escolha de pessoas não concursadas para essa função pode ser um foco de impunidade.
Atualmente, o Código prevê que, se não houver peritos oficiais, o exame de corpo de delito será realizado por duas pessoas idôneas, portadoras de diploma de curso superior, escolhidas, de preferência, entre as que tiverem habilitação técnica relacionada à natureza do exame. Os menores de 21 anos também não podem exercer essa função.

Extrema responsabilidade
"O cargo de perito oficial deve ser ocupado por servidor público concursado, com formação específica, e sua atividade deve ser reconhecida como típica de Estado e essencial à Justiça; a função do perito é de extrema responsabilidade, pois cabe a ele interpretar a prova criminal e elaborar um laudo pericial", argumenta a deputada.

A matéria, que tramita em caráter conclusivo, será analisada apenas na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Reportagem - Eduardo Piovesan
Edição - Luiz Claudio Pinheiro


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)