Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/03/2005 14:12

Perda na soja pode chegar a R$ 560 milhões

Fernanda Mathias / Campo Grande News

As perdas provocadas na soja em função da estiagem chegam a R$ 560 milhões, considerando melhor cotação interna de R$ 32,00 a saca de 60 quilos, em Mato Grosso do Sul. Levantamento extra da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) divulgado nesta terça-feira, mostra que as perdas no Estado chegam a 20,9% da produção esperada, o equivalente a 1,051 milhão de toneladas.
O Rio Grande do Sul teve a maior quebra, de 66,7% da produção esperada, ou 6,1 milhões de toneladas perdidas, seguida do Paraná com 13,3% (1,63 milhão de toneladas). Mato Grosso do Sul vem em terceiro lugar.
Essa estimativa está acima da primeira feita pela Embrapa Agropecuária Oeste, por dois fatores. O primeiro deles é que somente a região sul foi avaliada pela empresa, onde foi apurada perda de 40% da soja de ciclo médio e longo. Outro é que a cotação do grão reagiu desde então, de R$ 27,00 chegando a R$ 32,00 por conta da quebra nacional provocada pela estiagem e também principio de redução de área plantada dos EUA (Estados Unidos)e quebra na safra argentina.
O setor produtivo reclama de estar descapitalizado. Este foi o segundo ano de perdas em função principalmente do estresse hídrico. Na safra passada são estimadas perdas de R$ 700 milhões em Mato Grosso do Sul, com contribuições também da ferrugem asiática. O governo está alongando prazos para pagamento de financiamentos em até três anos, dependendo de cada situação.
A nova estimativa da Conab no levantamento da safra nacional de grãos 2004/2005 aponta uma produção de 119,5 milhões de toneladas, uma redução de 9% comparada à pesquisa realizada em dezembro do ano passado, que foi de 131,9 milhões de toneladas. A quebra, de 12,4 milhões de toneladas, é a maior da história agrícola brasileira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)