Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/05/2005 15:19

Pequennos:Embrapa doará variedade de trigo tradicional

MPA - Embrapa

A Embrapa - vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – vai devolver aos produtores da Cidade da Fraternidade, uma comunidade de Alto Paraíso que ampara crianças carentes daquela região e de outras cidades brasileiras, 100 sementes de trigo da variedade Veadeiro. Essa variedade crioula já foi muito cultivada em Alto Paraíso no passado e, apesar de muito produtiva e adaptada às condições climáticas e ambientais da região, desapareceu com o cultivo comercial e a introdução de novas variedades mais produtivas.

Graças ao programa de conservação desenvolvido pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, que preserva espécies vegetais de importância sócio-econômica a longo prazo, em câmaras frias, a 20ºC abaixo de zero, a variedade foi localizada possibilitando a devolução aos produtores, que se dará no dia 12 de maio, às 10:30 horas, na sede da Unidade da Embrapa, em Brasília, DF.

A iniciativa partiu dos representantes da comunidade Cidade da Fraternidade, Sinomar Machado e Fernando Trindade, que procuraram a pesquisadora da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Clara Goedert, em fevereiro último, para tentar conseguir sementes da variedade de trigo Veadeiro. Eles são pequenos produtores de açúcar mascavo e arroz integral e têm interesse em produzir novamente essa variedade crioula, pelas informações que obtiveram sobre sua produtividade e alta qualidade alimentar. O trigo, a exemplo do que já é feito com as variedades de açúcar e arroz, será transformado em farinha em moinhos locais e usado na alimentação das crianças carentes amparadas pela comunidade.

Depois do contato, a pesquisadora localizou as sementes na câmara fria de conservação, retirando uma amostra de cem sementes para então entregá-las aos produtores. O mês de maio foi escolhido por ser a época favorável ao plantio da cultura de trigo naquela região. Clara explica que, após a devolução, a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, continuará acompanhando o processo de produção do trigo Veadeiro na região de Alto Paraíso além de receber de volta uma amostra de 2.000 sementes para armazenamento a longo prazo.

Na verdade, esse é mais um exemplo de sucesso que ilustra a importância de se conservar as espécies vegetais. Em 1995, representantes do povo indígena Krahô, do Tocantins, procuraram a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, em busca de suas sementes tradicionais, que eles já não possuíam mais em decorrência do cultivo comercial. As sementes de milho e amendoim, que também se encontravam conservadas nas câmaras frias, foram devolvidas aos índios e, a partir daquele momento, foi iniciado um contato que se mantém até hoje entre os Krahôs, por meio da Funai e a Embrapa. Hoje, além de enriquecerem suas roças, os índios Krahôs resgataram também grande parte de sua tradição e cultura.

Com a reintrodução do trigo veadeiro na agricultura de Alto Paraíso, os representantes da Cidade da Fraternidade, Sinomar Machado e Fernando Trindade, esperam obter os mesmos resultados positivos alcançados pelo povo indígena Krahô. "Com a devolução das sementes, esperamos também resgatar a história do plantio desse trigo em Alto Paraíso. Sabemos que foi um produto muito importante para a região, mas precisamos conhecer mais sobre os costumes e tradições relacionados ao seu cultivo", ressaltam.



Fones: (61) 448-4769 e 448-4770
E-mail: fernanda@cenargen.embrapa.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)