Cassilândia, Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

27/09/2007 18:43

Pensões de Wilson, Pedrossian e Miranda são ilegais

Maristela Brunetto/Campo Grande News

O Conselho da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) terá de decidir amanhã como vai se posicionar sobre o pagamento de pensão a três ex-governadores do Estado que estão ilegais: Wilson Barbosa Martins, Pedro Pedrossian e Marcelo Miranda recebem o benefício pelo segundo mandato, ou seja, após 1988, até quando havia previsão legal para o privilégio. O ponto determinante para a legalidade ou ilegalidade é sanção da Constituição Federal de 1988, em 05/10/88, que revogou a anterior e excluiu a possibilidade de pagamento do que já foi apelidado como “bolsa pijama”.

Por essa análise, somente poderia continuar recebendo o benefício a viúva de Ramez Tebet, Fairte, referente ao período que o marido dirigiu o Estado- de maio de 86 a março de 87. Diferente do que vinha sendo divulgado, a viúva de Harry Amorim Costa não recebe, ela é falecida também. A pensão corresponde ao salário do governador, em R$ 24,5 mil, que éo teto do funcionalismo no Estado.

A sessão do Conselho da OAB começa a analisar o assunto a partir de 9h, quando será apresentado um relatório encomendado ao constitucionalista André Borges. Ele não detalha o teor do que vai revelar, apenas confirma como ponto determinante a questão da falta de previsão legal após 88.

Legislação- A polêmica da aposentadoria a ex-governadores foi retomada no final do ano passado, quando a Assembléia Legislativa devolveu à Constituição Estadual um dispositivo prevendo o pagamento. Foi uma medida para incluir Zeca do PT na lista do privilégio. Ele seria o primeiro ex-governador sem a pensão.

Ocorre que a OAB ingressou com uma ação direta de inconstitucionalidade, cujo julgamento foi concluído este mês pelos ministros do Supremo Tribunal Federal, julgando ilegal a pensão e deixando Zeca sem o benefício, que ele recebeu por poucos meses, uma vez que foi suspenso preventivamente pelo STF. A decisão do Supremo fez a OAB pedir a todas as seccionais que avaliassem se havia a previsão legal nos estados.

Concluída essa polêmica, a OAB colocou na pauta sua posição sobre as demais pensões, que até teriam previsão legal, uma vez que chegou a haver dispositivo na Constituição Estadual, retirado nos anos 90, depois que os três ex-governadores já tinham sido beneficiados.

Depois da exposição do parecer do advogado, deve falar o relator do caso, Márcio Torres. Os conselheiros terão de decidir se de novo pedirão uma Adin contra as pensões dos três ou se concordarão com o pagamento.

Na semana passada, Zeca do PT incitou a OAB a agir com o mesmo rigor que teve com ele. Em resposta, o presidente Fábio Trad lançou um desafio, sugerindo que se a OAB fosse contra as demais, Zeca deveria devolver o que já tinha recebido.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
07:30
Loterias
Sexta, 24 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)