Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

01/05/2006 18:35

Pelo menos 500 caminhões estão parados em São Gabriel

Humberto Marques/Campo Grande News

Pelo menos 500 caminhões estão parados nos postos de combustíveis e nas ruas de São Gabriel d’Oeste, por conta do protesto de produtores rurais que bloquearam a BR-163, na zona urbana do município. A estimativa é da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que também cedeu seu pátio para que os veículos permaneçam estacionados – a fim de permitir o tráfego na região. Até o momento, segundo os policiais rodoviários do posto de São Gabriel, não se registrou congestionamento na pista. A Polícia Militar local, por sua vez, informa que várias carretas e caminhões estão espalhadas pelas ruas, diante da impossibilidade de prosseguir viagem.

O bloqueio na BR-163 permite que sigam viagem apenas os veículos pequenos (automóveis), caminhões de carga viva (como transporte de animais) e ônibus. Vilson Martins Bruzamarello, responsável pelo setor de Comunicação do Sindicato Rural de São Gabriel d’Oeste e um dos organizadores do protesto em caráter regional, informou que, pelo menos, 1,5 mil pessoas estão no local do bloqueio – incluindo moradores do município que acompanham a mobilização. “A paralisação continua da mesma forma registrada na parte da manhã, mas a adesão está aumentando. O movimento está evoluindo”, salientou, ao revelar que o bloqueio já surte resultados diante das autoridades.

“Sentimos que, em mais alguns dias, já irá mexer com o governo, já que a parte mais sensível, que é o bolso, está sendo atingida”, disse, lembrando que as paralisações de tráfego – que impedem a circulação de cargas perecíveis – resultam em uma redução de R$ 20 milhões na arrecadação. A manifestação não tem data para terminar, repetindo-se em diversas regiões de Mato Grosso do Sul.

Os produtores rurais fecharam o tráfego em diversas rodovias e impedem o acesso a terminais de transporte e armazéns, em protesto à crise que atinge o agronegócio em caráter nacional. A manifestação teve início em Mato Grosso, e tem por meta pressionar o governo federal a tomar medidas que auxiliem os produtores a superar o quadro adverso no setor rural.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)