Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/03/2010 23:00

Pelo menos 11 ministros de Lula disputam eleições de outubro

Luciana Lima, Agência Brasil

Brasília – Antes do feriado da Semana Santa o governo quer definir como ficará a Esplanada dos Ministérios, após a saída dos ministros que vão disputar as eleições de outubro. O prazo para desincompatibilização termina no próximo sábado, mas, devido ao feriado, o Planalto marcou para amanhã (31), pela manhã, uma cerimônia no Palácio do Itamaraty de despedida para quem está saindo e para apresentação dos substitutos nas pastas.



A legislação eleitoral prevê o prazo mínimo de seis meses anteriores ao dia do pleito para que ministros se deixem seus cargos para disputar as eleições. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que pretende reunir-se com os novos ministros logo depois a Páscoa. A ordem no governo, de acordo com o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, é não parar. “A preocupação é continuar tocando o governo, e o presidente Lula vai querer dedicação exclusiva dos ministros para isso”, disse.



Pelo menos 11 ministros de Lula devem disputar as eleições, a começar pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência. Além de Dilma, deixarão os cargos os ministros do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias (PT-MG); da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA); dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR-AM); das Comunicações, Hélio Costa (PMDB-MG), da Agricultura, Reinhold Stephanes (PMDB-PR); da Previdência Social, José Pimentel (PT-CE); do Meio Ambiente, Carlos Minc (PT-RJ); de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA); da Igualdade Racial, Edson Santos, e da Justiça, Tarso Genro (PT-RS), que deixou o cargo em fevereiro para se candidatar ao governo gaúcho.



Em Minas Gerais, Patrus e Hélio Costa pleiteiam o governo do estado. Também pretendem disputar o governo em seus estados os ministros Geddel e Alfredo Nascimento. Stephanes, Pimentel, Minc, Edson Santos e Lobão se lançarão na disputa por cargos no Legislativo.



Já o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles (PMDB-GO) ainda não confirmou se sai do cargo para disputar as eleições. Meirelles reuniu-se hoje com Lula e pediu mais 24 horas par decidir se permanece à frente da instituição ou se deixará o cargo para disputar as eleições de outubro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)