Cassilândia, Quarta-feira, 01 de Março de 2017

Últimas Notícias

20/02/2011 12:02

Pedrossian diz que não abre mão de pensões e critica atitude de Wilson

Angela Kempfer, Campo Grande News

Aos 82 anos, o ex-governador Pedro Pedrossian, com mandatos em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, responde a primeira pergunta sobre pensão vitalícia com uma frase: “Nunca fui o pai da virtude”.

Conhecido como homem de grandes obras, o engenheiro que foi governador 3 vezes. (uma em MT e duas em MS, de 80 a 83 e de 91 a 95) recebe hoje duas pensões, assunto que virou polêmica nos últimos meses por consumir dinheiro público em 9 estados brasileiros.

Na manhã deste domingo, leu nos jornais que o rival político histórico anunciou renunciar ao benefício, de 24 mil reais por mês. Em resposta, criticou Wilson Barbosa Martins: “Ele é um simulador”.

Na opinião de Pedrossian, o também ex-governador, mas pelo PMDB, faz mais um ato de “bom moço, como sempre tentou mostrar ser”.

“Ele (Wilson) fez a vida pública com esse discurso, tentando mostrar virtudes que nunca teve”, ataca, com críticas ainda mais pesadas. “No último governo, quando ele tentou fazer sucessor, o que teve foi gasto de dinheiro público com campanha”.

Pedrossian lembra que os dois sempre foram “opostos” até na forma de se comportar como homens públicos. “Nunca fiz o papel de bonzinho, mas tenho um elenco de grandes obras, que ninguém tem”, diz o ex-governador, lembrando de investimentos como Parque das Nações Indígenas, Parque dos Poderes e Palácio Popular da Cultura.

Enquanto Wilson engrossava campanhas como “Diretas Jᔠe o discurso da cidadania, Pedro era o homem conhecido como autoritário, mas “fazedor de obras”.

Sobre os valores que recebe hoje, ele foge da resposta sobre valores. “Isso não interessa a ninguém”, reclama em tom áspero.

Ele foi governador do Mato Grosso uno, de janeiro de 1966 a março de 1971. Mato Grosso do Sul foi criado em 1977. Depois, Pedrossian governou Mato Grosso do Sul por dois mandatos (1980-82 e 1991-94). Somadas, as pensões superam R$ 40 mil/mês.

Recentemente, Pedrossian sofreu uma queda em casa, e concedeu a entrevista depois de uma sessão de fisioterapia. “É muito difícil, tenho de aprender a andar como criancinha, de novo”.

O Campo Grande News tentou conversar com o ex-governador Wilson Barbosa Martins, mas funcionários disseram que ele só acorda depois das 12 horas.

Wilson completará 93 anos em junho próximo, também foi duas vezes governador de MS - de 83 a 86 e de 95 a 99. Como a constituição de 88 proibiu as pensões vitalícias, ele só recebe benefício referente ao primeiro mandato. Por 4 administrações em Mato Grosso do Sul, Pedro e Wilson se revezaram no poder.


Wilson também foi duas vezes governador de MS - de 83 a 86 e de 95 a 99. (Arquivo)
Arrimo de família - Conhecido pecuarista, com fazendas na região de Miranda e uma briga de décadas com índios terena, Pedrossian garante que hoje tem bem menos que há 30 anos.

“Não tenho mais uma cabeça de gado e uma das minhas fazendas ainda é reivindicada pelos índios. Minha vida foi dedicada ao serviço público, mereço receber por isso”, comenta sobre a aposentadoria remunerada pelos governos de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul.

O governador aposentado também da política (última campanha foi em 97, para governo), garante que nunca empregou os três filhos e por isso é responsável atualmente por “ sustentar quatro famílias”.

“Vivo com as minhas aposentadorias e não vejo mal nenhum nisso, porque minha vida é limpa e meu imposto de renda comprova isso”, conclui.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 01 de Março de 2017
Terça, 28 de Fevereiro de 2017
Segunda, 27 de Fevereiro de 2017
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)