Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/02/2011 12:02

Pedrossian diz que não abre mão de pensões e critica atitude de Wilson

Angela Kempfer, Campo Grande News

Aos 82 anos, o ex-governador Pedro Pedrossian, com mandatos em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, responde a primeira pergunta sobre pensão vitalícia com uma frase: “Nunca fui o pai da virtude”.

Conhecido como homem de grandes obras, o engenheiro que foi governador 3 vezes. (uma em MT e duas em MS, de 80 a 83 e de 91 a 95) recebe hoje duas pensões, assunto que virou polêmica nos últimos meses por consumir dinheiro público em 9 estados brasileiros.

Na manhã deste domingo, leu nos jornais que o rival político histórico anunciou renunciar ao benefício, de 24 mil reais por mês. Em resposta, criticou Wilson Barbosa Martins: “Ele é um simulador”.

Na opinião de Pedrossian, o também ex-governador, mas pelo PMDB, faz mais um ato de “bom moço, como sempre tentou mostrar ser”.

“Ele (Wilson) fez a vida pública com esse discurso, tentando mostrar virtudes que nunca teve”, ataca, com críticas ainda mais pesadas. “No último governo, quando ele tentou fazer sucessor, o que teve foi gasto de dinheiro público com campanha”.

Pedrossian lembra que os dois sempre foram “opostos” até na forma de se comportar como homens públicos. “Nunca fiz o papel de bonzinho, mas tenho um elenco de grandes obras, que ninguém tem”, diz o ex-governador, lembrando de investimentos como Parque das Nações Indígenas, Parque dos Poderes e Palácio Popular da Cultura.

Enquanto Wilson engrossava campanhas como “Diretas Jᔠe o discurso da cidadania, Pedro era o homem conhecido como autoritário, mas “fazedor de obras”.

Sobre os valores que recebe hoje, ele foge da resposta sobre valores. “Isso não interessa a ninguém”, reclama em tom áspero.

Ele foi governador do Mato Grosso uno, de janeiro de 1966 a março de 1971. Mato Grosso do Sul foi criado em 1977. Depois, Pedrossian governou Mato Grosso do Sul por dois mandatos (1980-82 e 1991-94). Somadas, as pensões superam R$ 40 mil/mês.

Recentemente, Pedrossian sofreu uma queda em casa, e concedeu a entrevista depois de uma sessão de fisioterapia. “É muito difícil, tenho de aprender a andar como criancinha, de novo”.

O Campo Grande News tentou conversar com o ex-governador Wilson Barbosa Martins, mas funcionários disseram que ele só acorda depois das 12 horas.

Wilson completará 93 anos em junho próximo, também foi duas vezes governador de MS - de 83 a 86 e de 95 a 99. Como a constituição de 88 proibiu as pensões vitalícias, ele só recebe benefício referente ao primeiro mandato. Por 4 administrações em Mato Grosso do Sul, Pedro e Wilson se revezaram no poder.


Wilson também foi duas vezes governador de MS - de 83 a 86 e de 95 a 99. (Arquivo)
Arrimo de família - Conhecido pecuarista, com fazendas na região de Miranda e uma briga de décadas com índios terena, Pedrossian garante que hoje tem bem menos que há 30 anos.

“Não tenho mais uma cabeça de gado e uma das minhas fazendas ainda é reivindicada pelos índios. Minha vida foi dedicada ao serviço público, mereço receber por isso”, comenta sobre a aposentadoria remunerada pelos governos de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul.

O governador aposentado também da política (última campanha foi em 97, para governo), garante que nunca empregou os três filhos e por isso é responsável atualmente por “ sustentar quatro famílias”.

“Vivo com as minhas aposentadorias e não vejo mal nenhum nisso, porque minha vida é limpa e meu imposto de renda comprova isso”, conclui.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)