Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/08/2008 08:09

Pedreiro pega 6 anos por tentativa de homicídio

TJGO

O 1º Tribunal do Júri de Goiânia condenou ontem (26) Vilmar Batista de Souza e Silva a 6 anos de reclusão por tentativa de homicídio contra João Pires da Silva em setembro de 1999. A pena será cumprida no presídio da Comarca de Gurupi / TO, caso haja vaga no mesmo, em regime semi-aberto.



Ao votarem os quesitos, os jurados reconheceram a materialidade e a autoria das lesões corporais atribuídas a Vilmar que, não consumou o homicídio por circunstâncias alheias à sua vontade. O presidente da sessão, juiz Jesseir Coelho de Alcântara, havia fixado a pena base em 9 anos e 6 meses de reclusão, a reduziu em 6 meses em razão da atenuante de confissão e em mais 1/3 por se tratar de um homicídio tentado. O juiz justificou não ter aplicado uma redução mais benéfica, pela proximidade do resultado letal.



Segundo a denúncia do Ministério Público, que no dia 10 de setembro de 1999, a vítima se encontrava na porta de sua resistência quando chegou o denunciado embriagado e afirmando: “Eu já matei um, já furei outros e para matar mais um não custa nada”, momento em que João Pires disse a Vilmar que não estava ali para ouvir conversas daquela natureza.



Enquanto a vítima entrava na casa de sua mãe, o denunciado partiu para cima dela, desferindo uma facada em sua região abdominal. Mesmo esfaqueado, João Pires conseguiu entrar na casa e pedir socorro para seu sobrinho, quando foi levado para o Hospital de Urgências de Goiânia. Vilmar fugiu para casa de sua mãe onde foi encontrado e preso por policiais. (Ana Caruliny Oliveira)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)