Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/10/2007 18:22

Pedreiro diz que quis se matar após assassinar ex-esposa

Nadyenka Castro/Campo Grande News

O pedreiro Joair de Oliveira Pereira, 19 anos, preso no início da tarde desta quarta-feira (3 de outubro) suspeito de matar a ex-esposa a tiros na segunda-feira (1º de outubro) em Campo Grande, disse que não tinha intenção de assassinar Cristiane da Silva Rocha, 19 anos. Ele disse ainda que quando soube pela imprensa que Cristiane havia morrido, quis se matar.

Ele conta que foi à casa onde Cristiane passou a morar para conversar sobre um registro de ameaça que ela fez contra o ex-marido na polícia. Segundo ele, ambos tinham intenção de retomar o relacionamento.

De acordo com Pereira, durante a discussão ele pegou o revólver calibre 38 e disparou três tiros nela, que foi atingida por dois, e fugiu. O irmão de Cristiane ainda tentou persegui-lo.

Pereira foi preso pela Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) em um ponto de ônibus da Avenida Ernesto Geisel, nas proximidades da rodoviária.

O pedreiro disse ainda que comprou a arma por um baixo preço enquanto estava em uma obra. Após o crime, ele escondeu o revólver na casa de uma prima no bairro Dom Antônio Barbosa. A arma foi apreendida

A jovem foi assassinada na casa onde morava havia um mês, após ter se separado de Pereira, com quem conviveu durante cinco anos. O casal tem um filho. Desde o ano passado ela vinha registrando boletins de ocorrência de ameaças feitas pelo ex-marido.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)