Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/05/2007 16:00

Pedido OAB garante acesso de advogados a presos na PF

Marcela Rebelo/ABr

Brasília - Os advogados dos presos da Operação Navalha tiveram dificuldades na manhã de hoje (19) para entrar no prédio da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Brasília. A entrada só foi permitida depois da intervenção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

"Pela manhã, recebi a ligação de alguns advogados informando que não teriam acesso aos clientes que estavam presos, pois o delegado não havia autorizado. Procurei fazer o contato para saber da situação e realmente estava acontecendo isso", disse um dos membros da Comissão de Prerrogativas da OAB, Ibaneis Rocha Barros Junior, em entrevista à Agência Brasil.

Segundo ele, o delegado alegou "questões de segurança" para não permitir a entrada dos advogados. "Informamos a necessidade e o direito de os advogados de terem acesso a seus clientes e dos clientes terem acesso ao advogado antes do interrogatório. E terminou que se fez um acordo, houve a compreensão do delegado e os advogados passaram a ter acesso, mesmo que em um tempo reduzido, mas de maneira satisfatória", afirmou o membro da comissão da OAB.

Ele disse que o assunto foi discutido por telefone e a situação, resolvida "sem grandes problemas". "A gente até entende esse problema, porque eles não têm uma estrutura para estar com essa carceragem cheia como estão. Mas independentemente da questão de segurança é o direito de defesa de ter acesso aos advogados".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)