Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/01/2005 09:28

Pecuaristas trocam gado por vinho

Agrolink

Sudoeste do Rio Grande do Sul atrai R$ 30 milhões para parreirais em área dominada por pastagens. Uma nova alternativa econômica começa a surgir para a pecuária no sudoeste do Rio Grande do Sul: a produção de uvas para vinho. Muitos produtores estão trocando o gado pelos parreirais, atrás de maior rentabilidade. Nos próximos cinco anos serão investidos R$ 30 milhões na região denominada Campanha - caracterizada por áreas planas. Com isso, a superfície cultivada vai passar de 1,6 mil hectares para 3,5 mil hectares. Terras baratas, áreas planas - abrindo a possibilidade de mecanização da lavoura -, clima propício e boa ensolação estão atraindo os investimentos. Atualmente, 22 das 30 grandes vinícolas do Rio Grande do Sul estão instaladas na região, mas apenas duas processam o produto ali; as demais levam as uvas em câmaras frigoríficas para a serra. Neste ano, a Vinícola Miolo Ltda pretende instalar uma unidade em Candiota. "Queremos reduzir os custos", diz Darci Miolo, diretor-financeiro da empresa. Para isso, está investindo R$ 18 milhões na construção da fábrica e na ampliação dos parreirais. Hoje, a empresa tem 100 hectares com vinhedos no município e pretende chegar a 400 hectares até 2012. Miolo diz que a região é a nova fronteira agrícola do estado, pois na serra não há mais como expandir as lavouras de uvas.
Fonte: Gazeta Mercantil

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)