Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

11/04/2005 13:34

Pecuaristas querem acompanhar classificação da carne

Aline Rocha / Campo Grande News

“A conversa foi democrática, mas vamos ver como isso será na prática. Os produtores vão cobrar mais clareza na classificação de carcaças dos frigoríficos”, afirmou o presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Rodolfo Vaz, ao término da audiência pública que aconteceu esta manhã na Assembléia Legislativa.
Segundo ele, a forma que o boi é avaliado na hora da compra pela empresa deve ser mais clara. A justificativa para a classificação é dada pelos frigoríficos como uma forma de separar os produtos bons e ruins na compra. O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Laucídio Coelho Neto, afirmou que no ano passado o Ministério da Agricultura propões reuniões para discutir a respeito, mas os frigoríficos não participaram. “A criação da classificação sem a consulta dos produtores depois disso foi uma atitude prepotente e de agressão aos pecuaristas”, cita, fazendo referência a uma reunião realizada em Ribeirão Preto (SP), no ano passado, para definir os preços da classificação.
O diretor do frigorífico Independência, Miguel Russo, justificou que a classificação acontece porque a indústria precisa premiar produtos de qualidade. Russo explicou que hoje a premiação é de cerca de 3% da arroba. “Não consultamos os produtores na elaboração da classificação porque isso é uma iniciativa da empresa”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)