Cassilândia, Domingo, 25 de Junho de 2017

Últimas Notícias

12/07/2004 14:32

PECs disciplinam candidatura de suplente de senador

Agência Senado

Estão aguardando designação de relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) duas propostas de emenda à Constituição (PECs 11/03 e 8/04) que, tramitando em conjunto, disciplinam a candidatura do suplente de senador e a eleição para o cargo no caso de vacância. A primeira delas, apresentada pelo senador Sibá Machado (PT-AC), chegou a receber parecer contrário do senador José Maranhão (PMDB-PB). O próprio Sibá requereu que sua proposta tramitasse em conjunto com a PEC do senador Jefferson Péres (PDT-AM).



A proposta de Sibá Machado é mais abrangente. Além de determinar que ocorrendo vaga de senador antes do término do mandato será realizada uma nova eleição para o preenchimento do cargo, veda que o suplente seja cônjuge, parente consangüíneo ou afim, até o segundo grau ou por adoção do titular.

"Propomos que seja estendida ao suplente de senador em relação ao titular a semelhante proibição que a Constituição federal estabelece para o cônjuge e os parentes consangüíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, dos chefes do Poder Executivo, seja no âmbito da União, dos estados e dos municípios, de se candidatarem no território de jurisdição do titular", justifica Sibá.

Já a PEC apresentada por Jefferson Péres estipula que se o cargo de senador ficar vago no período do mandato ele será preenchido nas eleições gerais seguintes que se realizarem, independentemente de serem federais, estaduais ou municipais. A exceção é se a vacância ocorrer a menos de dois meses da data prevista para o pleito. Neste caso o cargo será preenchido na eleição subseqüente. Atualmente, se um senador falecer, renunciar ou perder o mandato ele será sucedido pelo suplente.

"Não nos afigura adequado e democrático que, de acordo com o regramento em vigor, o suplente de senador ganhe praticamente muitos anos de mandato sem o voto popular, circunstância que tem acontecido quando a vaga ocorre logo no início do mandato do titular", analisa o senador na justificação da proposta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Junho de 2017
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Sexta, 23 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)