Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/06/2006 15:48

PEC torna inelegível candidato que tiver conta rejeitada

Famasul News


A Proposta de Emenda à Constituição 543/06, em tramitação na Câmara, estabelece que a não apresentação ou a rejeição das contas eleitorais por "vícios insanáveis" acarretará a perda ou suspensão dos direitos políticos do candidato. A PEC foi apresentada pelo deputado Zé Lima (PP-PA). Entre os vícios insanáveis mais comuns está o recebimento ilegal de dinheiro para campanha.

Na prática, a cassação dos direitos políticos vai alcançar todos os candidatos, mesmo o que tenham perdido as eleições. Hoje, segundo o deputado Zé Lima, os candidatos derrotados que têm as contas posteriormente rejeitadas, ou que não as apresentam à Justiça Eleitoral, ficam livres de qualquer punição.

"A justificativa que vem sendo dada para tal procedimento prende-se ao fato de que, não obtendo o cargo pela via eleitoral, é inócua a apresentação de inelegibilidade contra o candidato", explicou o deputado. Sem punição, os candidatos ficam livres para disputar as eleições seguintes.

Condenação automática – Com a PEC, segundo Zé Lima, todos ficarão obrigados não só a apresentar, como também a obter aprovação das contas de campanha, sob pena de inelegibilidade automática.

Atualmente a Constituição prevê cinco situações para a cassação dos direitos políticos: o cancelamento definitivo da naturalização; a incapacidade civil absoluta; a condenação criminal definitiva (transitada em julgado); a condenação por improbidade administrativa; e a recusa de cumprimento de uma obrigação imposta à sociedade.

A PEC 543 terá sua constitucionalidade examinada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovada, será instalada comissão especial para avaliar seu mérito, antes de ser votada em dois turnos pelo Plenário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)