Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/03/2006 10:56

PEC reduz jornada de trabalho de agente prisional

Janary Júnior, Agência Câmara

Tramita na Câmara a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 497/06, que fixa em 6 horas diárias (e 36 horas semanais) a carga de trabalho dos agentes prisionais.

Atualmente, a jornada da categoria é de 44 horas semanais. O autor da PEC, deputado Nelson Pellegrino (PT-BA), afirma que a redução da carga de trabalho poderá ajudar a diminuir situações de estresse e violência enfrentadas pelos agentes.

Segundo o deputado, esses profissionais devem ser tratados de forma diferenciada devido às suas condições de trabalho. "É raro que se passem dois meses sem que se tenha notícia de rebeliões em estabelecimentos prisionais que acarretam, na maior parte dos casos, ferimentos graves ou óbitos de agentes prisionais", afirma Pellegrino.

O parlamentar argumenta que a atividade de agente penitenciário pode acarretar uma série de enfermidades nos profissionais, entre elas a Síndrome de Burnout, que provoca comportamento agressivo, baixa estima e dificuldade no convívio social.

A PEC terá sua admissibilidade examinada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovada, será constituída comissão especial para avaliar seu mérito. Antes de ir para o Senado, a PEC terá que ser votada pelo Plenário em dois turnos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)