Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/07/2006 14:49

Passagem de ônibus interestadual subirá 9%

Fernanda Mathias / Campo Grande News

A partir de domingo, 9 de julho, as passagens rodoviárias interestaduais e internacionais de empresas que operam no País estarão até 9,29% mais caras. Nesta sexta-feira a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) publicou a resolução nº 1.509, que estabelece o reajuste sobre o coeficiente tarifário vigente.

Este coeficiente leva em conta a relação de custo por passageiro por quilômetro rodado. O índice não se aplica ao reajuste no caso de transporte semiurbano, que será determinado por ato específico. Essas são linhas com extensão igual ou superior a 75 quilômetros e que têm característica de transporte urbano. É o caso, por exemplo, das linhas da região do Entorno do Distrito Federal e de algumas outras áreas do país, em divisa de estados, e também em região de fronteira com outros países.

De um modo geral o realinhamento significa que uma passagem de Campo Grande a São Paulo, um dos destinos mais procurados, em um veículo leito com ar condicionado pode chegar no máximo a R$ 229,24, considerando distância de 1.042 quilômetros e coeficiente máximo de R$ 0,2217 por quilômetro rodado. Já no caso do ônibus executivo, ao qual o coeficiente fica limitado a R$ 0,1378 por passageiro, a passagem pode chegar a R$ 143,63. Os mesmos coeficientes valem para viagens internacionais.

Hoje uma passagem em leito da Viação Motta de Campo Grande a São Paulo custa R$ 138,00, na promoção, mas o valor real é de R$ 162,50 o que, aplicando o percentual de 9,29%, significa que pode passar a R$ 177,50. No caso da Andorinha, o bilhete executivo custa hoje R$ 118,50 e a empresa não trabalha com leito. Se aplicado o reajuste, passará a R$ 129,50. As companhias informaram que ainda não receberam a resolução para realinhamento de preços.

A guerra tarifária entre as companhias aéreas, especialmente aos fins de semana, acaba tornando em algumas ocasiões os vôos mais atrativos que as viagens por terra. Há casos em que trechos aéreos chegam a custar R$ 25,00 ou R$ 50,00 durante promoções.

Conforme a ANTT, a revisão da planilha tarifária passará a ser de quatro em quatro anos e tem como objetivo reequilibrar os contratos de prestação do serviço regular de transporte de passageiros.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)