Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/10/2006 06:24

Partidos se fundem para cumprir cláusula de barreira

Agência Câmara

A regra da cláusula de barreira tem movimentado os partidos nos últimos dias. Com receio de perder prerrogativas e o espaço no rádio e na TV e também de sofrer restrições no funcionamento parlamentar, partidos pequenos apressam-se em formalizar fusões com outras legendas.
Na última quinta-feira (26), o Partido Liberal (PL), de Valdemar Costa Neto, e o Partido de Reedificação da Ordem Nacional (Prona), de Enéas Carneiro, anunciaram a fusão oficial das legendas para formar o Partido da República (PR). Vinte e cinco deputados federais e três senadores vão integrar o PR. O Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), com um deputado federal eleito, deve ser incorporado à nova legenda, mas ainda precisa acertar a fusão em convenção nacional.
Segundo o presidente do PR, Sérgio Tamer, a legenda vai integrar a base do Governo Lula no Congresso. "Estamos compondo a base do atual presidente. A partir de 1º de janeiro, essa será uma decisão do presidente de honra, que é o senador eleito Alfredo Nascimento, a quem caberá, junto com nosso líder na Câmara, a condução política do partido", informou Tamer.

MD
Também na quinta-feira, mais três partidos decidiram pela fusão e formaram o MD - Mobilização Democrática. Integram a nova legenda de esquerda o Partido Popular Socialista (PPS), o Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e o Partido de Mobilização Nacional (PMN). O novo partido terá 27 deputados e será presidido por Roberto Freire, mas terá direção colegiada até agosto de 2007.
Já o Partido Verde (PV), que elegeu 13 deputados na última eleição e não passou pelo filtro da cláusula de barreira, estuda alternativas. De acordo com o líder na Câmara, deputado Jovino Cândido (SP), a primeira opção é o PV permanecer como está. A segunda é aguardar decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) quanto às possíveis interpretações da regra. Como última opção, o partido estudará uma fusão.

23% das cadeiras
Em princípio, 14 partidos não superaram a cláusula de barreira, mas elegeram 118 deputados, o que representa 23% das cadeiras na Câmara. O número é bem superior à maior bancada da Casa para a próxima legislatura - a do PMDB, com 89.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)