Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/10/2006 09:25

Partido acha que houve erro de cálculo do TRE/ MT

Rubens de Souza/24horasnews

Os membros do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) terão pela frente um duro desafio nas próximas seções: apreciar com todo o rigor da interpretação do que está na lei uma reclamação apresentada pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). O partido, que perdeu uma vaga, a do deputado Carlos Brito, com mais de 30 mil votos, queixa-se de um equívoco na forma de cálculo de distribuição da chamada “sobra”, que, se confirmada, alterará a composição atual da Assembléia Legislativa.

Desde a proclamação do resultado da eleição que o PDT não se conforma com o fato de Carlos Brito, considerado o principal expoente da sigla no momento, ter ficado de fora do próximo período legislativo. Brito foi o nono deputado mais votado em Mato Grosso. Em Cuiabá ficou em terceiro lugar, atrás apenas dos apresentadores de programas populares na TV, Walter Rabelo, do PMDB, e, Sérgio Ricardo, do PPS.

“Achamos o erro” – disse uma fonte partidária, ao comentar a decisão do partido de ingressar com a representação junto a Comissão Apuradora e de Totalização da Justiça Eleitoral em Mato Grosso. “Nos debruçamos a averiguar tudo porque Carlos Brito dormiu deputado, faltando 1,8% dos votos para serem apurados e, fomos surpreendidos com essa situação. Daí buscarmos apurar todos os detalhes”.

O PDT chegou a consultar especialistas para basear sua reclamação. Dentre os laudos apresentados um é assinado pela professora Suzana Germasgeschi Luz, especialista em teorias e práticas textuais (UFMT) e graduada em direito (UFMT).

De acordo com o artigo 109, inciso I, do Código Eleitoral - e no entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a média para a ocupação das sobras é encontrada com a divisão dos votos válidos do partido ou da coligação pelo número de vagas ocupadas com o alcance do quociente partidário e somente ao resultado da divisão, soma-se. Porém o calculo utilizado para se obter a média partidária para fins de distribuição de vagas pela "sobra" nas eleições 2006, procedeu de outra maneira: foram divididos os votos válidos obtido pela coligação pelo número de vagas ocupadas com o alcance do quociente partidário mais 1.

A não aplicação da fórmula estabelecida no Código Eleitoral e ensinada pelo Tribunal Superior Eleitoral, segundo avaliam os pedetistas, é que tirou do PDT uma das vagas da sobra do número de votos válidos, prejudicando Carlos Brito. O político pedetista obteve 30.899 votos. No recurso, o PDT quer a retificação do relatório de apuração da eleição e a vaga a quem tem direito. Com isso, a princípio, deve perder a titularidade o deputado Gilmar Fabris, do PFL, o único que conquistou vaga pelo cálculo da chamada “sobra”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)