Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/07/2005 09:00

Parreira faz um balanço da participação na Copa

CBF News

Depois de um rápido período de férias, na Itália, iniciado um dia após a conquista da Copa das Confederações, Carlos Alberto Parreira voltou ao trabalho nesta segunda-feira, na sede da CBF. Acompanhado do coordenador técnico Zagallo e do assistente Jairo Leal, ele fez para o CBF NEWS uma análise da campanha do Brasil na Copa das Confederações, iniciada com a apresentação no dia 31 de maio, em Teresópolis, e que culmiminou com a conquista do bicampeonato da competição no dia 29 de junho, em Frankfurt.

O título conquistado na Alemanha por Carlos Alberto Parreira é o segundo desde a sua volta à Seleção, em janeiro de 2003. Das duas decisões que participou, o Brasil venceu a Argentina - em 2004, na conquista da Copa América, e agora, na Alemanha, com o título de bicampeão da Copa das Confederações.

- Isso só mostra, mais uma vez, a força do futebol brasileiro. Falta agora o objetivo mais importante, que é a conquista do hexacampeonato, no ano que vem.

Para chegar ao hexa, a Seleção Brasileira cumpriu todos os objetivos propostos antes da delegação viajar para a Alemanha, para a disputa da Copa das Confederações. Parreira ressalta que a competição, realizada no país-sede, e a um ano do Mundial, foi fundamental, em termos de preparação, para o que a Seleção Brasileira vai encontrar em 2006.

- Foi uma preparação valiosa para a Copa. Tivemos a oportunidade de experimentar tudo o vai se repetir em 2006, como deslocamentos, hotéis, locais de treinamento, os estádios, enfim, toda infra-estrutura própria de Copa do Mundo, e com um excelente nível de organização de parte da FIFA.

Parreira destacou, ainda, a atuação do Brasil em dois jogos que, no seu entender, foram disputados no clima e no estilo de uma Copa do Mundo.

- Os jogos contra Alemanha e Argentina, os mais importantes, foram verdadeiras partidas de Copa do Mundo. Tiveram todos os ingredientes de um Mundial, pelo caráter decisivo, estádios lotados, em que o lado físico e emocional dos jogadores foram postos à prova. E, melhor, o Brasil foi campeão - disse.

Todos os objetivos que a comissão técnica da Seleção Brasileira traçou, lembrou o treinador, foram atingidos.

- Fizemos as observações que estavam programadas. Dos 23 jogadores que viajaram, somente o goleiro Gomes e zagueiro Luisão não jogaram. E, com a decisão de liberar o Cafu e o Roberto Carlos, criamos alternativas para as duas laterais.

Esquema tático ousado pode ser mantido na Copa do Mundo

O esquema tático que Parreira empregou a partir do amistoso contra Hong Kong, em fevereiro, também foi posto à prova na Copa das Confederações, com sucesso. Com muita possibilidade de ser mantido na Copa do Mundo do ano que vem.

- Ainda é cedo para dizer que será mantido, mas a Copa das Confederações me dá razão para acreditar que o esquema deu certo. O Brasil foi campeão e provou com isso que ele poderá prosseguir.

Para que seja definitivamente implantado, Parreira não se cansa de repetir o que precisa ser feito da parte dos jogadores.

- Temos de encontrar o equilíbrio, atacar e defender com a mesma eficiência. Para isso, os jogadores, mesmo aqueles que não têm caracteríticas de marcação, têm de superar para ajudar na recuperação da bola. Acredito que estamos no caminho certo para que ele seja consolidado, o que o tempo maior de treinamento para a Copa vai ajudar.

O esquema 4-4-2 é tido por Parreira como ousado, o que lhe permite afirmar que não existe no mundo time tão ofensivo quanto a Seleção Brasileira.

- Ele é ousado, mas não inovador. O que estamos fazendo é aproveitar da melhor maneira as características dos jogadores que temos - explicou.

Nas férias, técnico foi aplaudido em restaurante

Nas suas férias na Itália, Parreira e sua mulher Leila jantaram em um restaurante na Sardenha. O técnico conta que, ao sair, foi aplaudido pela pessoas. Na volta ao Brasil, no aeroporto, foi cumprimentado por torcedores brasileiros que assistiram pela TV à goleada sobre a Argentina em várias cidades, de diversos países.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)