Cassilândia, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

22/06/2009 10:13

Paraná adere ao Sisbi

Lúcia Nórcio , Agência Brasil

Londrina (PR) - O Paraná vai adotar procedimentos de fiscalização de produtos de origem animal equivalentes aos adotados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. É o primeiro estado a aderir ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi), do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa).

Os secretários de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Inácio Kroetz, e de Agricultura e Abastecimento do estado, Valter Bianchini, oficializam hoje (22), em Londrina, no norte do estado, o termo de compromisso, durante o anúncio do Plano Safra 2009-2010.Com a adesão, o Paraná fica habilitado a certificar alimentos que podem ser comercializados em todo o país. De acordo com o Ministério da Agricultura, esta norma só era válida para os produtos que recebem o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF).


Segundo o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Inácio Kroetz, a medida trará maior competitividade para a indústria e o comércio paranaense. “O sistema vai romper barreiras que impedem a expansão da agricultura familiar”, observa o secretário da Agricultura do Paraná. A adesão pode significar, na opinião dele, a abertura de mercados importantes para a pequena agroindústria familiar.

Bianchini lembrou que a maioria das empresas tem boas práticas sanitárias e produção de qualidade, mas não pode vender fora de onde está instalada. O estado tem no SIP/POA (Serviço de Inspeção do Paraná) 472 empresas registradas na produção de alimentos de origem animal, como carnes de várias espécies, derivados de carne e de leite, ovos, mel e pescados.

O sistema deve ser auditado periodicamente para comprovar o cumprimento dos requisitos exigidos pelo ministério. Os produtos de origem animal do Paraná que não tenham selo do SIF receberão a marca do Sisbi em suas embalagens. Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Sul também já solicitaram a adesão.






Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 18 de Agosto de 2017
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)