Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

05/05/2006 15:16

Paralisação de obras vai gerar mais de mil desempregos


A decisão do governo de Mato Grosso do Sul de suspender o andamento das obras na Capital e no interior, deverá provocar o desemprego de mais de mil trabalhadores só em Campo Grande. No interior então, o número é incalculável. A previsão é do presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil e do Mobiliário, Samuel da Silva Freitas.

Segundo ele, o Estado está construindo alguns conjuntos habitacionais e promovendo também reformas e ampliações de repartições públicas e escolas. “É lamentável uma decisão como essa do governador Zeca do PT, na reta final de seu mandato e no ano de eleição, quando ocorre normalmente o contrário, ou seja, mais recursos são investidos em todos os setores”, comentou Samuel.

O setor da construção civil vem sofrendo uma decadência, segundo Samuel, desde 1995. Somente no final do ano passado, a partir de outubro, houve uma reação bastante positiva do mercado. O setor aqueceu e houve muito emprego. “infelizmente nossa expectativa de crescimento este ano foi frustrada”, comentou.

Na semana passada, o prefeito de Campo Grande Nelson Trad lançou um pacote de 130 obras para Campo Grande, orçadas em mais de R$ 150 milhões. “Isso é que vai amenizar o impacto do desemprego dos trabalhadores”, comentou Freitas ao confirmar que esse pacote deverá gerar mais de 2.000 empregos. Mas a distância é muito grande se comparado aos números do desemprego no setor, que chega a pouco mais de 20 mil. A maioria sobrevive de “bicos”, ambulantes ou como catadores de material reciclável.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)