Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/08/2012 11:06

Paralisação da PF mobiliza 350 policiais em Mato Grosso do Sul

Fabiano Arruda e Paula Maciulevicius, Campo Grande News

O primeiro dia de paralisação da Polícia Federal tem 350 policiais de braços cruzados em Mato Grosso do Sul nesta terça-feira.

Na superintendência da PF em Campo Grande, cerca de 100 policiais entregaram armas, distintivos e algemas. Eles também utilizam faixas no prédio como forma de protesto.

Na Capital e em Dourados, a corporação interrompeu as atividades. As operações estão canceladas, bem como o serviço de inteligência.

Os serviços de porte, registro de arma e passaporte são analisados baseados na emergência e caso a caso.

Em Corumbá e Ponta Porã, policiais federais realizam operação padrão, o que deixa os procedimentos lentos e burocráticos.

A corporação reivindica a reestruturação da carreira, sobretudo, dos cargos de agente, escrivão e papiloscopista. Segundo policiais, a negociação se arrasta sem resultados há pelo menos três anos com o Ministério do Planejamento.

Outro motivo de protesto é o sucateamento de unidades da Polícia no interior do Estado.

Eles pedem ainda a substituição do diretor geral da PF, Leandro Daelo. A reclamação é que ele não representa os pleitos das demais categorias.

Uma agente da PF em Campo Grande, que não quis se identificar, diz que está lotada na corporação há seis anos e que a reestruturação traz prejuízos, pois deixa os salários sem reajuste. “Queremos o apoio da sociedade, pois buscamos o melhor serviço para atender a população”, pontuou.

Os serviços paralisados com a greve ficam suspensos pelo menos até a realização da assembleia geral da categoria, que deve ocorrer na quinta ou sexta-feira, quando as reivindicações serão discutidas com o comando nacional da greve. Só então será decidido se os serviços serão retomados ou seguirão paralisados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)