Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/04/2008 21:53

Paraguaio é 2ª vítima fatal da febre amarela em MS

Marta Ferreira/Campo Grande News

O superintendente de Vigilância Sanitária de Mato Grosso do Sul, Eugênio de Barros, informou ao Campo Grande News que a segunda morte por febre amarela em Mato Grosso do Sul contabilizada em boletim do Ministério da Saúde é a do paraguaio Rodolfo Escobar, de 38 anos, ocorrida no dia 7 de fevereiro, em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai. A vítima primeiro foi internado em Pedro Juan Caballero e depois transferida para o Brasil

Segundo Eugênio, a morte já havia sido confirmada por exames, mas não estava contabilizada nos números por conta de uma dúvida relacionada ao local de contágio da doença, por conta do fato de o doente transitar entre Brasil e Paraguai. Até uma reunião entre representantes dos dois países sobre o assunto foi feita. Diante da informação de que Rodolfo trabalhou em uma fazenda de Aral Moreira, onde pode ter sido infectado, o caso foi registrado dentro os óbitos confirmados no Brasil.

O superintendente diz que depois da descoberta desse caso na fronteira, foram adotadas medidas como vacinação e borrifação de veneno contra o mosquito que transmite a doença.

Pelo boletim mais recente do Ministério da Saúde, no País são 28 mortes já provocadas pela febre amarela. O total de casos notificados chega a 70, dos quais 40 evoluíram para óbito. Desse total, os prováveis locais de contaminação são distribuídos da seguinte forma: Goiás tem 52%, Mato Grosso do Sul 23%, Distrito Federal 12%, Mato Grosso 5%, Pará 5% e Paraná 5%. No Estado, são nove casos confirmados, de 11 notificados, e duas mortes, conforme o relatório, atualizado até o dia 2 de setembro.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)