Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/02/2008 13:44

Paraguai decreta estado de emergência

Paula Laboissière /ABr

Brasília - O Paraguai está em estado de emergência nacional após a confirmação de seis casos de febre amarela silvestre, além da possível chegada da doença em zonas urbanas do país. A notícia foi divulgada ontem (17) pela agência argentina Telam.

O estado de emergência nacional foi anunciado na última sexta-feira (15) pelo ministro da Saúde, Oscar Martínez, e terá duração de 90 dias. A medida permitirá ao governo paraguaio destinar maior quantidade de recursos à saúde e, conseqüentemente, ao bloqueio epidemiológico da febre amarela, além da compra de vacinas.

Segundo o governo paraguaio, a febre amarela se propagou no país por meio de três casos suspeitos na localidade de Luque, a cerca de 15 quilômetros da capital Assunção, onde está localizado o Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi.

A esses casos se somam mais três de pessoas com sintomas de febre amarela na cidade de San Lorenzo, um dos municípios nos arredores de Assunção, onde, na semana passada, um jovem de 25 anos morreu com a doença.

Martínez afirmou que, com a medida, “o ministério poderá dispor dos recursos humanos, técnicos e econômicos necessários para lutar contra a febre amarela, mas isso não implica o início de uma vacinação massiva”.

O risco de uma epidemia de febre amarela, erradicada no país há 34 anos, obrigou o governo paraguaio a pedir ajuda internacional para obter a quantidade suficiente de vacinas e imunizar a população.

Desde que foram confirmados os primeiros casos da doença no país, centenas de paraguaios se dirigem diariamente aos centros de saúde para serem imunizados. As autoridades sanitárias ordenaram vacinação de casa em casa exclusivamente nas zonas de risco.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)