Cassilândia, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Últimas Notícias

11/10/2005 08:18

Paraguai anuncia medidas preventivas contra febre aftosa

Humberto Marques/Campo Grande News

A crise sanitária vivida pelo Brasil, após a confirmação de um foco de febre aftosa no município de Eldorado, enfraquece o poder de negociação do Mercosul com outros blocos comerciais. A opinião é do ministro da Agricultura e Pecuária do Paraguai, Gustavo Ruiz Díaz, que demonstra preocupação com o prejuízo nas exportações da carne bovina daquele País, em especial para a Rússia - principal mercado internacional do rebanho do Paraguai.

Segundo o jornal ABC Color, já foi decretado alerta sanitário em toda a fronteira paraguaia com o Brasil. A fazenda Vezozzo, onde foi identificado o foco de aftosa, está há cerca de 45 km da fronteira com o Paraguai. Os órgãos de defesa sanitária do país vizinho já determinaram a implantação de um plano de alerta sanitário nos departamentos de Amambay, Canindeyú e Alto Paraná, que inclui a delimitação de uma área de vigilância de 30 km, a partir da linha de fronteira com o Brasil, implementação de postos de controle e desinfecção de veículos que entram no Paraguai oriundos de Mato Grosso do Sul.

Também foi determinada a proibição de entrada de animais suscetíveis à febre aftosa que tenham saído de território sul-mato-grossense - brigadas móveis de vigilância permanecerão na fronteira, para garantir que possíveis animais contaminados ingressem no Paraguai. Apesar da proximidade, a defesa sanitária paraguaia não acredita que a doença se alastre para além da fronteira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)