Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

19/11/2009 10:01

Para Rudel, falta cortesia no trânsito da Capital

O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Rudel Trindade, conta que acompanhou perplexo o desfecho de uma discussão no trânsito que ontem resultou na morte de uma criança de apenas dois anos, no centro de Campo Grande e avalia que o principal problema é a falta de cortesia dos condutores.

“É totalmente injustificável o que aconteceu. Em primeiro lugar as pessoas não devem andar armadas no trânsito, tendo porte ou não, porque o trânsito envolve emoção e historicamente sabemos que essa combinação leva a isso”, observa.

Tomando como exemplo o jornalista Agnaldo Ferreira Gonçalves, que atirou em duas pessoas ontem, provocando a morte do menino Rogério Mendonça, de 2 anos, Rudel alerta: “Eu conheci o Agnaldo e não dá para acreditar que uma pessoa com aquele perfil dê um tiro em alguém”.

Para Rudel, o trânsito de Campo Grande não justifica tamanho estresse, porque as vias são largas e há muitos acessos. O problema, acredita, é a falta de gentileza dos condutores. “Falta cortesia para deixar outro condutor entrar, reconhecer que errou. A buzina é um meio de proteção, mas muitas vezes o condutor não aceita, xinga, entende como ofensa”, diz.

Além disso, para Rudel os condutores não dão a devida importância à responsabilidade de transitar com um veículo na rua. “Não consideram que é um ato de concentração, se distraem, conversam”, afirma.

Tragédia – O desfecho de uma discussão de trânsito nesta quarta-feira, em pleno centro de Campo Grande, chocou e deixou a família do menino Rogério Mendonça em desespero. O avô do menino, João Afonso Pedra, de 52 anos, também foi atingido por um disparo no rosto e precisou passar por uma cirurgia. Os dois e a irmã de Rogério, outra criança de 5 anos, estavam em uma camionete L-200 conduzida pelo filho do pecuarista, Aldemir Pedra.

Aldemir fechou o carro conduzido pelo jornalista Agnaldo Ferreira no cruzamento da Mato Grosso com a Ernesto Geisel e os dois teriam discutido e chegaram a descer do carro e a trocar chutes. Quadras a frente Agnaldo sacou de uma arma, quando estava dentro de seu carro, e atirou contra a camionete, atingindo o pecuarista e a criança. Pouco depois do crime Agnaldo se apresentou à Polícia e está preso no 2º Distrito Policial.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Fevereiro de 2017
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)