Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/03/2007 15:46

Para presidente da Fetems, acusação de André é infundada

Marta Ferreira / Campo Grande News

Para o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Ensino Público de MS), Jaime Teixeira, a acusação do governador André Puccinelli (PMDB) de que o governo passado teria usado pessoal convocado para trabalhar na Educação para fazer campanha, feita esta manhã, é mais uma tentativa de Puccinelli de justificar erro cometido ao suspender a cedência de professores para entidades que lidam com alunos com deficiências. O governador só voltou atrás na decisão depois de muita polêmica e até da paralisação do atendimento em entidades tradicionais, como a Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excpecionais).

Depois de dizer que o governador “anda mal informado”, Jaime Teixeira, que é ligado ao PT do governo anterior, afirmou desconhecer o uso de pessoal da educação para campanha. “O que nós conhecemos sobre o pessoal convocado é a atuação na sala de aula”, disse. Indagado sobre a afirmação do governador, classificou como tentativa de “encobrir” a conduta relacionada à cedência dos professores. O sindicalista avalia que houve um desconhecimento da lei por parte da assessoria do governador e que agora ele tenta criar polêmica com outro assunto para apagar a má impressão causada.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)