Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/11/2005 09:01

Para Iagro, trânsito de produtos será normalizado

Paulo Fernandes/Campo Grande News

O diretor-presidente da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), João Cavalléro, irá hoje para a região de Eldorado, para garantir que o fluxo normal de produtos como melancia e abóbora para o Paraná, que foi interrompido ontem por protestos de produtores, indignados com os valores pagos pelos animais que tiveram que ser sacrificados por causa da Febre Aftosa. “Ontem o trânsito ficou interrompido por causa daquele clima. Agora a tendência é de que se normalize”, disse. Os produtores recebem R$ 400 para cada cabeça de vaca e R$ 800 pela de boi. Para alguns produtores, os animais chegam a valer R$ 1,2 mil.

Cavalléro teve ontem reunião com o governador de Mato Grosso do Sul, José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, e com o chefe da Casa Civil, Raufi Marques, para discutir a abertura do mercado de São Paulo a produtos do Estado. O governo paulista autorizou a entrada de animais suscetíveis à febre aftosa de Mato Grosso do Sul, desde que procedentes de fora da área de risco do Estado e que sejam transportados por caminhões lacrados, com destino direto ao abate. Os animais deverão estar acompanhados com documentação fiscal e fitossanitária. A portaria também autoriza, com condições, a entrada da carne com osso e leite cru.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)