Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/11/2008 13:57

Para governo, tributos não justificam suspensão de abate

Ângela Kempfer - Campo Grande News

Após receber criticas, o governo do Estado divulgou nota hoje contestando motivo apontado por diretores do frigorífico Diplomata para a suspensão do abate de aves na unidade de Campo Grande, com a demissão de 450 trabalhadores.

Por meio do site de notícias do Estado, o governo sustenta que, com base em informações da Secretaria de Fazenda, não existe qualquer relação entre o fechamento e a cobrança de tributos, conforme alegação da empresa.

O governo informa que o Diplomata é, inclusive, beneficiado com isenções e incentivos. O grupo não paga impostos na exportação de seus produtos, por conta da Lei Kandir e nas transações interestaduais tem benefícios fiscais de 35%, “que não justificam as alegações envolvendo o governo do Estado nas decisões da empresa”, segue a justificativa, apresentada em reportagem da assessoria de comunicação do governo.

Segundo dados da secretaria, a crise já era anunciada desde de março, quando a empresa fechou uma unidade em Iguatemi e depois, em julho, outra de processamento de soja em Fátima do Sul.

A Secretaria de Fazenda garante que chegou a ser informada pelos diretores das dificuldades em manter a unidade do distrito de Indubrasil em atividade. “Trata-se de um abatedouro arrendado, cujos equipamentos ultrapassados criam dificuldades para o cumprimento de contratos de exportação, um problema estrutural que não estavam conseguindo superar”, acrescenta a assessoria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)