Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/02/2014 07:32

Para festa com "Bem-Casado", noivos vão gastar de R$ 1,80 a R$ 10,00 por unidade

Anny Malagolini, Campo Grande News
Bem casado feito por Maria Elizabeth custa R$ 2,95 (Foto: Cleber Gellio)Bem casado feito por Maria Elizabeth custa R$ 2,95 (Foto: Cleber Gellio)

 

Festa de casamento sem “Bem-Casado” vale? Levar a tradição ao pé da letra pode ser um peso no orçamento. Por isso, tem noiva que até opta por doces similares, por conta do preço que chega a ser de R$ 10,00 a unidade. Isso significa que uma recepção bem pequena, para 100 convidados, consumiria até mil reias, só de Bem-Casado.

Uma das especialistas mais requisitadas de Campo Grande é a confeiteira Maria Elizabeth, de 68 anos, que diz ter produzido oito mil unidades em uma única semana. O motivo de ser a “queridinha” entre as noivas, na avaliação dela, é a receita secreta, que vem de família, ensinada pela avó.

A maior surpresa de quem experimenta é o sabor do recheio, garante Maria Elizabeth, por não se parecer em nada com os doces de leites vendidos em mercado, por exemplo. “A receita era de recheio de um bolo e adaptei para o Bem-Casado”, revela. Um dos últimos elogios que recebeu, agora serve quase que um slogan. “O cliente disse: 'Isso aqui tem gosto de felicidade'”.

Cada Bem-Casado tradicional custa R$ 2,95 e é embrulhado de maneira convencional, em papel crepom, com fita de cetim. Mas ela também oferece os sabores nozes, chocolate, limão e brigadeiro, com valores mais altos. A doceira prefere não informar os preços, diz que o orçamento depende de muitos fatores. Conforme a embalagem, por exemplo, a quantia aumenta bastante. O ateliê fica na rua amazonas, 1.971.


Há quatro anos na rua Bacaba, 44, no bairro Coophatrabalho, a confeiteira Luciene Lemes de Aurélio, de 32 anos, começou a fazer os Bem-Casados, que custam R$ 1,80 e R$ 2,20. A diferença de preços é por um 1 centímetro a mais de bolo. Os tamanhos variam de 5 a 6 cm, respectivamente. Luciene diz que as encomendas devem ser feitas com ao menos duas semanas de antecedência, mas só oferece o tradicional.

Na confeitaria “Andrea Doces”, o Bem-Casado custa R$ 2,50, no sabor convencional, recheado com doce de leite. Mas se os noivos optarem pelo recheio mais sofisticado, como Nutella, baba de moça, creme suíço, nozes ou avelã, o preço da unidade pode chegar a R$ 4,00. De novo, dependendo da embalagem escolhida, cada doce pode custar R$ 10,00.

Mas segundo o proprietário, Ineu Da Silva Oliveira, 41 anos, a escolha na maioria das vezes nada tem a ver com o preço, e sim, com a aparência. “Escolhem pelo estilo e não pelo poder aquisitivo”, conta.

Regiane Gandolfi, 38 anos, é proprietária da “Laçados e Bem-Casados” e há 4 anos prepara os doces. Hoje ela cobra a partir de R$ 2,70 pela unidade, valor que sobe também de acordo com as embalagens. Na lista de sabores aparecem o tradicional, nozes e brigadeiro branco, pelo mesmo valor. Segundo ela, a diferença sobre a concorrência é que todos os ingredientes são naturais, sem corantes. Outra versão mais moderninha é a massa de chocolate.

No ateliê Vinícius Maria, que leva o nome do confeiteiro de 27 anos, a unidade do tradicional custa R$ 2,75 e ele também prepara Bem-Casados nos sabores de doce de leite, chocolate branco com limão, nozes e doce de leite com amêndoas. O mais caro pode chegar a R$ 6,00.

Vinícius conta que foi ele quem criou a receita. Por isso, procurou diferenciar seu produto dos demais oferecidos no mercado local. Ele explica que a massa é pão de ló, como manda a receita original, porém é mais “pesada”, com gosto de baunilha. “Fiz parecer mini-bolinhos”, explica.

O confeiteiro aproveita para lembrar que é o ideal é encomendar de 2 a 3 unidades por convidado. “A noiva sempre quer que sobre, ou no mínimo, que não falte”. O ateliê fica na rua Itaparica, Parque Novos Estados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)