Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/05/2006 14:27

Para Evo Morales, Petrobras faz ''chantagem''

André Deak / ABr

O presidente da Bolívia, Evo Morales, classifica como "chantagem" a suspensão de investimentos da Petrobras no país após a nacionalização da produção, refino e distribuição de óleo e gás boliviano. Ontem (3), o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, anunciou o cancelamento das propostas de negócios feitas à estatal boliviana de petróleo e gás (YPFB).

"Podem fazer chantagem, mas não é possível que [eles], com nossos recursos, tenham uma grande empresa e deixem mal a economia do nosso país", afirma Morales, em texto publicado hoje (4) na Agência Boliviana de Informação (ABI), órgão de comunicação oficial do país.

Morales ressaltaainda que existem muitas possibilidades de investimentos com empresas petrolíferas estrangeiras, em vários continentes, todas interessadas em realizar negócios com a Bolívia.

O presidente boliviano lembra que, por falta de uma administração nacional, a YPFB ficou em má situação nos últimos anos e, agora, deve seguir o exemplo do trabalho realizado na estatal de petróleo venezuelana (PDVSA). "Hoje, a PDVSA recuperou seus hidrocarbonetos e com o companheiro Hugo Chávez chegou ao que é", destaca Evo Morales, em entrevista à ABI.

Em 180 dias, a Petrobras terá que vender parte das ações de suas duas refinarias à estatal boliviana YPFB, já que agora o governo da Bolívia terá direito a mais da metade das ações de todas as refinarias bolivianas. Os impostos sobre a produção de gás naquele país também passarão de 50% para 82% do valor produzido. Entre 1996 e 2004, a Petrobras investiu quase US$ 1 bilhão no país.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)