Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/05/2011 15:38

Para bombeiros, ainda há quatro desaparecidos no naufrágio no Lago Paranoá

Alex Rodrigues, Agência Brasil

Brasília - O barco que afundou no Lago Paranoá, em Brasília (DF), na noite do último domingo (22), só será trazido à tona após o Corpo de Bombeiros encerrar as buscas pelos desaparecidos. Quatro pessoas são dadas como desaparecidas no naufrágio da embarcação Imagination, na noite de domingo (22). Os bombeiros informaram que 93 pessoas foram resgatadas com vida e há seis mortes confirmadas.

Segundo o coronel do Corpo de Bombeiros Marcos Negrão, como existe a possibilidade de que alguns dos desaparecidos que estavam a bordo do Imagination tenham ficado presos dentro do barco, os mergulhadores continuam retirando objetos como mesas, geladeiras e botijões de gás que podem ter caído sobre algumas das vítimas.

“Várias pessoas disseram que [no momento do naufrágio] havia gente tentado retirar os objetos para evitar que a embarcação afundasse. Então, é grande a possibilidade de que, no momento em que o barco adernou, este material tenha prendido alguém”, comentou o coronel.

De acordo com Negrão, a grande quantidade de detritos no fundo do lago e o material em suspensão reduzem a visibilidade dos mergulhadores, dificultando o trabalho de buscas. Além disso, o risco do barco se deslocar exige que os bombeiros ajam com cuidado.

“O navio está com a popa encostada no fundo e com o fundo voltado para cima, temos que trabalhar com cuidado porque, senão, ele pode esmagar os mergulhadores”, explicou o coronel, confirmando que peritos da Polícia Civil teriam identificado uma rachadura em um dos tubulões, estrutura oca que fica na parte inferior do barco para ajudar na flutuação. .

O Corpo de Bombeiros aumentou de 30 para 40 o número de mergulhadores envolvidos no trabalho de resgate. Desde segunda-feira (23), já foi vasculhada uma área de 80 mil metros quadrados no fundo do Lago Paranoá. Dois engenheiros da Marinha, vindos do Rio de Janeiro, irão ajudar na perícia para tentar descobrir o que provocouo naufrágio. Segundo o delegado fluvial do Distrito Federal, comandante Rogério Leite, não há previsão para conclusão da perícia.

“Isso leva um tempo. Após o içamento da embarcação faremos uma perícia um pouco mais acurada para chegar ao motivo pelo qual a embarcação afundou”, disse Leite.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)