Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/03/2012 13:24

Papa defende em Cuba direito à liberdade religiosa

Renata Giraldi*, Agência Brasil

Brasília – No último dia de visita a Cuba, o papa Bento XVI defendeu hoje (28), durante missa para cerca de 300 mil pessoas na Praça da Revolução, em Havana, o direito à liberdade religiosa. Ele condenou o fanatismo religioso. O sermão de Bento XVI ocorre no momento em que a França investiga as ligações de Mohamed Merah, autor de sete assassinatos em Toulouse - quatro em uma escola judaica -, com a rede terrorista Al Qaeda.

“Há os que interpretam mal essa busca da verdade, o que os leva à irracionalidade e ao fanatismo, pelo que se fecham na sua verdade e tentam impô-la aos outros. São como aqueles legalistas obcecados que, ao verem Jesus ferido e ensanguentado, exclamam enfurecidos: \'Crucifica-o\'”, disse o papa.

Na semana passada, Merah atirou contra uma escola judaica em Toulouse, no Sul da França. O autor dos disparos matou um adulto, professor de religião, e três crianças, assumindo a responsabilidade sobre os crimes. Dias antes, ele atirou e matou três militares. Nas negociações com as autoridades, Merah demonstrou fanatismo religioso e foi morto no último dia 22.

Durante a missa em Havana, o papa lembrou que a liberdade religiosa é fundamental para a construção de uma sociedade mais humana, harmônica e pacífica. “O direito à liberdade religiosa, tanto na sua dimensão individual quanto comunitária, manifesta a unidade da pessoa humana”, disse.

Bento XVI ressaltou que [o esforço para manter a liberdade religiosa] consolida a convivência, alimenta a esperança de um mundo melhor, cria condições favoráveis para a paz e o desenvolvimento harmonioso e, ao mesmo tempo, estabelece bases firmes para garantir os direitos das gerações futuras”.

Oficialmente, Cuba é um país laico. Porém, há informações que mais de 60% da população seguem o catolicismo. Nos últimos anos, a Igreja Católica de Cuba passou a negociar com o governo a libertação de dissidentes políticos, exercendo um papel de relevância no cenário interno. O papa condenou hoje aqueles que tentam pregar o ceticismo e o relativismo.

“Essa atitude, no caso do ceticismo e do relativismo, produz uma transformação no coração, tornando as pessoas frias, vacilantes, distantes dos demais e fechadas em si mesmas. São pessoas que lavam as mãos, como o governador romano [Pôncio Pilatos em relação à condenação de Cristo], e deixam correr o rio da história sem se comprometer”, disse.

Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)