Cassilândia, Terça-feira, 30 de Maio de 2017

Últimas Notícias

28/10/2005 13:49

Panaftosa faz vistoria em divisa e fronteira de MS

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Técnicos do Panaftosa (Centro Pan-americano de Febre Aftosa) iniciam no domingo, 30 de outubro, uma varredura nas divisas entre o Paraná e Mato Grosso do Sul e as fronteiras com os países vizinhos. Eles vão examinar também a fronteira entre Argentina e Santa Catarina, apesar de o estado ser considerado território livre de aftosa sem vacinação. O diretor-geral da Secretaria de Agricultura, Newton Pohl Ribas, afirma que a equipe vai inspecionar os pontos de vigilância sanitária para controle da virose. A visita será encerrada no dia 5 de novembro, em Mato Grosso do Sul. As ações na região de fronteira entre o Paraná e o Paraguai serão discutidas amanhã em Foz do Iguaçu, numa reunião com representantes dos governos brasileiro e paraguaio. O Paraná quer reforçar a vigilância na fronteira com o Paraguai para impedir a entrada de animais com suspeitas de febre aftosa. O Paraná está sob alerta enquanto aguarda o laudo final dos exames realizados no Laboratório Nacional de Agricultura, em Belém. Na página eletrônica (http://www.pr.gov.br/seab) a população pode ter informações sobre os sinais que indicam a contaminação, formas de prevenção e dicas sobre vacinação. Em Mato Grosso do Sul a principal suspeita do governo é que a aftosa, que acometeu rebanhos de Japorã e Eldorado, tenha vindo do Paraguai. Isso porque foi comprovado o trânsito indiscriminado de animais da fronteira e porque o Estado não apresentava mais atividade viral. Com informações da Radiobrás.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 30 de Maio de 2017
Segunda, 29 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)