Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/04/2004 09:42

Palocci e líderes chegam a acordo sobre Cofins

Agência Senado


Depois de duas horas e meia de reunião com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, e o secretário da Receita Federal, no gabinete do líder do governo, Aloizio Mercadante (PT-SP), os líderes partidários do Senado praticamente definiram um acordo que vai permitir a votação da Medida Provisória n° 164/03 (Projeto de Lei de Conversão n° 21/04), que estabelece a cobrança da Cofins e do PIS-Pasep sobre produtos e serviços importados. A MP deve ser votada na próxima terça-feira (27).

O acordo vai garantir tratamento especial para 16 produtos de vários setores, como saúde, agricultura (hortigranjeiros, algodão in natura etc), papel jornal importado, fármacos, insumos para produtos de exportação, insumos para embalagens, aviação e vários produtos chamados monofásicos, ou seja, que não possuem cadeia produtiva longa.

- A reunião com o ministro Palocci e os líderes foi produtiva porque definiu a calibragem na cobrança da Cofins e os produtos que devem ter alíquota zero, o que vai garantir a votação na próxima terça-feira - disse Mercadante.

O senador explicou que praticamente todas as distorções decorrentes da nova alíquota de 7,6% da Cofins foram corrigidas. “No setor de saúde, por exemplo, os exames terão tratamento especial, com alíquota zero, por razões óbvias, todo mundo precisa, é praticamente compulsório”, disse.

- A agricultura precisa também da alíquota zero, porque a agricultura da Comunidade Européia recebe subsídios de US$ 395 bilhões. Estamos dando atenção especial também aos setores que geram mais empregos - acrescentou. Serviços como turismo, que não têm cadeia produtiva, mas que são opcionais para os cidadãos comuns, permanecerão com a alíquota de 7,6%.

Mercadante defendeu também que a meta de inflação para 2004, de 5,5%, seja mantida na reunião do Conselho Monetário Nacional, marcada para junho.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)