Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/05/2004 14:12

Palocci destaca importância do agronegócio para o País

Daniel Lima/ABr

Deputados da bancada ruralista reclamaram hoje do custo excessivo do crédito para os produtores, durante um café-da-manhã realizado no Ministério da Fazenda com os ministros, Antonio Palocci, Roberto Rodrigues (Agricultura) e Guido Mantega (Planejamento). Eles pediram agilização na liberação de recursos para a agricultura e para infra-estrutura, porque consideram que o escoamento da produção tem sido prejudicado pela falta de boas estradas e portos mais eficientes.

O ministro Antonio Palocci propôs a criação de um grupo de trabalho formado pela bancada, por representantes dos três ministérios e dos agricultores, destacando a importância do agronegócio para o País. "Nós vamos dar todo o apoio para ele produzir mais”, anunciou Palocci, ao fim da reunião. Os parlamentares, por sua vez, consideram que hoje o setor é responsável por 42% das exportações brasileiras.

Outra reclamação dos deputados é com relação à Lei 10.833, que alterou a forma de cobrança do PIS/Cofins. Eles pediram aos ministros que façam mudanças para desonerar os produtos do campo e evitar o repasse dos impostos para os preços.

O deputado Luiz Carlos Heize (PP-RS), que participou do encontro, reclamou do custo do seguro agrícola, que para ele poderia ser mais barato. Sugeriu a criação de um fundo de emergência como forma de reduzir o custo para o produtor.

Os ruralistas também pediram a renegociação das dívidas do setor e defenderam a necessidade de atender à pesquisa e à defesa sanitária. Segundo eles, não adianta a economia viver um momento fantástico no agronegócios se o país não tomar cuidados fundamentais no setor.

O ministro Mantega disse ao deixar a reunião que o governo tem adotado medidas para fortalecer o setor. Segundo ele, foram implantados programas como o Moderfrota, que financia equipamentos e máquinas agrícolas, e citou o aumento de recursos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que passaram de R$ 149 milhões, no ano passado, para R$ 203 milhões, neste ano.

“O Brasil precisa reduzir a vulnerabilidade externa, e isso implica num saldo comercial favorável. E quem mais exporta hoje e dá uma contribuição fundamental no saldo comercial é o agropecuário. São mais de U$ 20 bilhões que o setor produz de superávit comercial. Por isso tem todo o apoio do governo”, afirmou o ministro do Planejamento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)