Cassilândia, Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Últimas Notícias

10/03/2020 19:00

Palmeiras x Guaraní-PAR: informações, curiosidades e retrospecto do confronto

Palmeiras

Pré-jogo: Palmeiras x Guaraní-PAR l CONMEBOL Libertadores (2ª rodada)
Data e hora: 10/03/2020 l 21h30
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Transmissão: Fox Sports (para todo o Brasil)

O Verdão encerrou na tarde desta segunda-feira (09), no Allianz Parque, a preparação para o confronto com o Guaraní-PAR, na terça (10), pela CONMEBOL Libertadores, na arena alviverde. O técnico Vanderlei Luxemburgo esboçou o provável time titular, comandou um coletivo e realizou diversos ensaios. Na parte final, os atletas aprimoraram cobranças de faltas e pênaltis.

Com atualmente 99 vitórias ao longo de 20 participações, o Palmeiras pode chegar ao seu 100º triunfo na história da CONMEBOL Libertadores nesta terça-feira (10), quando recebe o Guaraní-PAR no Allianz Parque, às 21h30, pela segunda rodada da fase de grupos da competição.

Após vencer o Tigre-ARG por 2 a 0 na última quarta-feira (04), na Argentina, o Verdão divide a liderança do Grupo B com o próprio Guaraní, que venceu o Bolívar-BOL pelo mesmo placar. No outro jogo da rodada, argentinos e bolivianos se enfrentam às 19h15 desta terça-feira (10), em La Paz (BOL).

OITAVO NO RANKING GERAL, PALMEIRAS BUSCA A 100ª VITÓRIA EM LIBERTADORES

O Palmeiras pode chegar ao 100º triunfo de sua história em Libertadores caso vença o Guaraní-PAR nesta terça-feira (10). Atualmente, o Alviverde possui 99 vitórias, 34 empates e 52 derrotas em 185 jogos disputados, com 332 gols marcados e 202 sofridos. O clube é o oitavo com mais vitórias no torneio continental – o sétimo é o Grêmio, melhor brasileiro do ranking, com 102, enquanto o nono é o Cruzeiro, com 95. Quem lidera o ranking é o River Plate-ARG, com 170.

Ao longo de 20 participações (é o time brasileiro com mais edições disputadas, ao lado do Grêmio e do São Paulo), foram 67 vitórias no Brasil, 6 no Peru, 6 na Venezuela, 4 no Uruguai, 4 no Chile, 3 na Argentina, 3 na Colômbia, 2 no Paraguai, 2 na Bolívia, 1 no Equador e 1 no México. O clube que mais derrotou foi o Peñarol-URU, sete vezes, seguido de Alianza Lima-PER, Cerro Porteño-PAR, Deportivo Galícia-VEN, Deportivo Táchira-VEN e Junior Barranquilla-COL, quatro vezes cada.

O Palmeiras participa da Libertadores pela quinta vez consecutiva – feito inédito na história do clube – e, nos dois últimos anos, protagonizou a melhor campanha da primeira fase do torneio. O Verdão carrega ainda a fama histórica de ter sido o primeiro brasileiro a ter disputado uma final de Libertadores, em 1961 (quando enfrentou o Peñarol na grande decisão e ficou com o vice-campeonato), e também chegou à final em 1968 e 2000, além de 1999, quando foi campeão. Parou na semifinal em 1971, 2001 e 2018.

BRASILEIRO COM MAIS GOLS, VERDÃO PODE ALCANÇAR A 7ª POSIÇÃO NA LISTA GERAL

O Palmeiras é o clube brasileiro com mais gols na história da Libertadores, com 332 marcados em 185 partidas. E com a vitória por 2 a 0 sobre o Tigre-ARG, na semana passada, assumiu também a nona colocação do ranking geral, considerando times de qualquer nacionalidade, ao ultrapassar a Universidad Católica-CHI, que tem 331 gols em 217 partidas. O Verdão é o único do Top 10 com menos de 200 jogos na competição.

Caso balance a rede contra o Guaraní, o Verdão pode subir ainda mais nessa lista: o oitavo colocado, Colo-Colo, tem um gol a mais (333) e entra em campo na quarta-feira (11), contra o Athletico-PR, em Santiago (CHI). O líder neste quesito é o River Plate-ARG, que já marcou 573 gols.

TIMES COM MAIS GOLS NA HISTÓRIA DA LIBERTADORES

1º – River Plate (ARG) – 573 gols em 352 jogos
2º – Peñarol (URU) – 546 gols em 364 jogos
3º – Nacional (URU) – 540 gols em 385 jogos
4º – Boca Juniors (ARG) – 453 gols em 289 jogos
5º – Olimpia (PAR) – 435 gols em 305 jogos
6º – Cerro Porteño (PAR) – 401 gols em 309 jogos
7º – Bolívar (BOL) – 339 gols em 232 jogos
8º – Colo-Colo (CHI) – 333 gols em 236 jogos
9º – Palmeiras (BRA) – 332 gols em 185 jogos
10º – Universidad Católica (CHI) – 331 gols em 217 jogos

Vale ressaltar que o Alviverde também é o time brasileiro com mais bolas na rede como visitante, com 138 tentos anotados fora de seus domínios. Como mandante, são 194 gols, que fazem do clube o segundo do ranking com mais bolas na rede neste quesito – só fica atrás do Cruzeiro, com 201 gols em casa.

O Palmeiras já teve com cinco artilheiros na mais importante competição das Américas: Tupãzinho (1968, com 11 gols), Lopes (em 2001, com nove gols), Marcinho e Washington (ambos em 2006, com cinco gols cada um) e Borja (em 2018, com nove gols).

ALVIVERDE JÁ MARCOU MAIS DE MIL GOLS EM PARTIDAS INTERNACIONAIS

O Palmeiras ultrapassou diante do Tigre-ARG, na primeira rodada, a barreira dos mil gols contra adversários internacionais em sua história. Atualmente, o clube tem 1001 gols diante de rivais estrangeiros, em conta que inclui o confronto com a Seleção Uruguaia no dia 07/09/1965, quando o Verdão representou a Seleção Brasileira e venceu por 3 a 0 na inauguração do Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG). São considerados tentos marcados sobre adversários gringos em qualquer circunstância, incluindo amistosos e competições festivas.

O primeiro adversário estrangeiro do Alviverde foi a Seleção Paraguaia, em 26/10/1922, com vitória do Palestra Italia por 4 a 1, na Chácara da Floresta, em São Paulo (SP) – o triunfo valeu a conquista da Taça Guarany. A Seleção Paraguaia estava no Brasil para o Sul-Americano de Seleções (atual Copa América) vencido pelo Brasil naquele ano.

Até hoje, são 492 partidas internacionais disputadas pelo Verdão em sua história – faltam, portanto, apenas oito para os 500 jogos. Contra paraguaios, o Palmeiras já jogou 28 vezes, com 14 vitórias, 9 empates e 5 derrotas (marcou 58 gols e foi vazado 34 vezes).

O duelo mais recente contra um rival paraguaio foi um revés contra o Cerro Porteño, em 30/08/2018, por 1 a 0, no Allianz Parque. Apesar da derrota, válida pelo jogo de volta das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores, o Verdão avançou para as quartas pois havia vencido o jogo de ida por 2 a 0, no Paraguai (dois gols de Borja).

ADVERSÁRIOS EM 1968, PALMEIRAS E GUARANÍ SE ENFRENTAM PELA TERCEIRA VEZ

Palmeiras e Guaraní se enfrentaram somente duas vezes ao longo da história, ambas pela Libertadores de 1968. Na ocasião, o Verdão foi vice-campeão do torneio continental e eliminou os paraguaios na 3ª fase do torneio – dos três componentes do grupo, que reunia também a Universidad Católica-CHI, apenas um se classificava.

O Verdão foi derrotado no primeiro encontro por 2 a 0, no Savóia, em Assunção (PAR), em 24 de março, mas deu o troco na partida de volta, vencida por 2 a 1 no estádio do Pacaembu, no dia 4 de abril – gols de Júlio Amaral e Tupãzinho. O time alviverde terminou em primeiro da chave, com três vitórias e uma derrota, e avançou assim para a semifinal contra o Peñarol.

VERDÃO TEM BOM APROVEITAMENTO NO ALLIANZ PARQUE PELA LIBERTADORES

O Palmeiras fará sua estreia como mandante nesta edição da CONMEBOL Libertadores. O retrospecto do clube atuando no Allianz Parque pela competição continental é animador: são 13 vitórias, dois empates e duas derrotas em 17 partidas disputadas (aproveitamento de 80,3%). O clube anotou 36 gols e sofreu somente dez em sua arena pelo torneio.

Dados gerais do Palmeiras no Allianz Parque:

– Retrospecto: 154 jogos (102 vitórias, 28 empates, 24 derrotas, 282 gols marcados e 116 gols sofridos)
– Jogador que mais atuou: Dudu (126 jogos)
– Jogador que mais venceu: Dudu (89 vitórias)
– Jogador que mais fez gols: Dudu (33 gols)
– Jogador que mais fez assistências: Dudu (33 assistências)
– Treinador que mais comandou: Cuca (35 jogos)
– Maior sequência de vitórias: 8 jogos (três vezes: entre 11/02/2015 e 26/04/2015, entre 14/04/2016 e 30/06/2016 e entre 10/04/2019 a 10/07/2019)
– Maior série invicta: 28 jogos (21 vitórias e sete empates entre 07/08/2016 e 28/06/2017)
– Maior série sem sofrer gol: 11 jogos (entre 12/03/2019 e 10/07/2019)

>>> Faltam 25 gols marcados para 4.000 gols no Palestra Italia/Allianz (3975 gols marcados)

NÚMEROS GERAIS NA TEMPORADA
J: 12
V: 7
E: 4
D: 1
GP: 19
GC: 5

NÚMEROS NA LIBERTADORES 2020
J: 1
V: 1
E: 0
D: 0
GP: 2
GC: 0

NÚMEROS NO PAULISTA 2020
J: 9
V: 5
E: 3
D: 1
GP: 15
GC: 4

FLORIDA CUP 2020
J: 2
V: 1
E: 1
D: 0
GP: 2
GC: 1

WILLIAN ESTÁ NO TOP 10 DE ARTILHEIROS DO PALMEIRAS PELA LIBERTADORES

O atacante Willian entrou para o Top 10 dos maiores artilheiros do Palmeiras em Libertadores: ele tem seis gols marcados em 22 jogos disputados pelo torneio, empatado com Gustavo Scarpa e Keirrison na oitava posição do ranking. César Maluco, Edmundo e Ademir da Guia aparecem logo à frente, com oito gols cada. Quem figura no topo dessa lista é o meia Alex, que marcou 12 gols em 39 jogos disputado pelo Verdão em Libertadores.

Bigode também é o artilheiro do Palmeiras na temporada 2020, com oito gols, além de ser o maior garçom da equipe (duas assistências, ao lado de Marcos Rocha e Zé Rafael). Na vitória sobre o Tigre-ARG, por 2 a 0, pela estreia do Verdão na Libertadores, o camisa 29 marcou um dos gols e deu a assistência para o gol de Luiz Adriano.

No Verdão desde 2017, Willian tem 161 jogos e 46 gols marcados – é o terceiro maior artilheiro do clube no século 21, atrás somente de Vágner Love, com 54, e Dudu, 70.

DUDU É O SEGUNDO PALMEIRENSE COM MAIS VITÓRIAS NO TORNEIO PELO CLUBE

O atacante Dudu é o segundo palmeirense com mais vitórias na história da CONMEBOL Libertadores. Ele chegou a 20 triunfos no torneio contra o Tigre-ARG, na Argentina, e igualou-se a Ademir da Guia e Alex – está atrás apenas do goleiro Marcos, que teve 27 vitórias em Libertadores. Ele também é o quarto jogador com mais partidas disputadas no torneio continental, com 33 jogos – atrás de Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

Com 303 jogos pelo Verdão, ele é o 29º na lista dos que mais venceram na história do clube com 172 triunfos, à frente do atacante César Maluco, com 171 vitórias entre 1967 e 1974 – o camisa 7 agora está ao lado de Alfredo Mostarda, zagueiro dos anos 60 e 70, e logo atrás de César Sampaio, com 175 vitórias nos anos 90. Ele é o jogador de linha que mais venceu neste século – atrás apenas do goleiro Marcos, com 182 – e o 5º atacante com mais triunfos na história.

Considerando o total de gols no século 21, Dudu lidera com 70 bolas da rede, seguido por Vágner Love (54) e Willian Bigode (46). No geral, é o 32º na lista dos maiores artilheiros do Palmeiras, logo atrás do ponta-esquerda Nei, com 71 gols nos anos 70.

Além disso, o jogador domina os números no Allianz Parque: é quem mais jogou no estádio (126 vezes), mais venceu (89 triunfos), mais fez gols (balançou as redes 33 vezes) e mais serviu seus companheiros (concedeu 33 assistências).

LÍDER EM ASSISTÊNCIAS NO ANO, MARCOS ROCHA DEVE ESTREAR NA LIBERTADORES 2020

O lateral-direito Marcos Rocha completou 100 jogos pelo Palmeiras no último sábado (7), contra a Ferroviária, pelo Campeonato Paulista. O camisa 2 acumula ainda cinco gols marcados desde que chegou ao clube, em 2018, sendo um deles nesta temporada – contra o Ituano, fora de casa, na primeira rodada do estadual. Ele nunca passou uma temporada em branco no Verdão: em 2018, fez um gol em 45 jogos; em 2019, marcou três em 47 partidas.

O jogador ficou fora de quatro jogos em recuperação de uma entorse no tornozelo direito, mas deve ganhar sequência entre os titulares e fazer sua estreia na Libertadores 2020. Ele ainda é o líder do elenco em assistências em 2020, com duas, ao lado de Zé Rafael e Willian. Vale lembrar que, em 2019, o lateral-direito já havia sido o vice-assistente do elenco, com sete passes a gol, ao lado de Gustavo Scarpa – ambos ficaram atrás apenas de Dudu (líder disparado, com 18).

COM VIÑA, VERDÃO TEM ATLETA URUGUAIO NA LIBERTADORES APÓS 41 ANOS

O lateral-esquerdo Matías Viña disputa pelo Palmeiras sua segunda Libertadores na carreira (jogou também os sete jogos do Nacional-URU na edição passada). O último uruguaio a ter jogado uma partida de Libertadores pelo Palmeiras foi o meio-campista Pedro Rocha, em 15 de abril de 1979, diante do Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, pela primeira fase do torneio – os palmeirenses foram superados pelos bugrinos pelo placar de 1 a 0. Foi também de Pedro Rocha o último gol de um uruguaio pelo Verdão no torneio – ele balançou as redes uma vez contra o Alianza Lima-PER na goleada por 4 a 0, no estádio Palestra Itália, no dia 12 de abril de 1979.

O camisa 17 foi convocado na semana passada pela seleção do Uruguai para as duas primeiras partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A apresentação será no dia 23 de março – o Uruguai recebe o Chile, dia 26, no Estádio Centenário de Montevidéu, e depois viaja para encarar o Equador, em 31 de março. Viña é o 111º estrangeiro a vestir a camisa do Verdão e o 20º uruguaio – os últimos representantes do país a atuar pelo clube haviam sido Victorino (em 2014) e Eguren (entre 2013 e 2014).

DUPLA DE ZAGA, FELIPE MELO E GÓMEZ DEFENDEM BONS NÚMEROS EM 2020

Felipe Melo e Gustavo Gómez formaram a dupla de zaga titular do Palmeiras em dez partidas nesta temporada. Foram seis vitórias (New York City-EUA, Ituano, Ponte Preta, Mirassol, Guarani e Tigre-ARG), três empates (Atlético Nacional-COL, São Paulo e Santos) e somente uma derrota (Red Bull Bragantino), com apenas quatro gols sofridos (média de 0,4). O camisa 30 foi recuado para a zaga no início deste ano e tem 149 jogos pelo Palmeiras, com 11 gols marcados. Gustavo Gómez tem 71 jogos e nove gols com a camisa alviverde.

CONVOCADO, WEVERTON TEM A 2ª MENOR MÉDIA DE GOLS SOFRIDOS NA HISTÓRIA

Convocado para defender a Seleção Brasileira nas partidas contra Bolívia e Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, o goleiro Weverton chegou ao 100º jogo pelo Palmeiras na vitória diante do Tigre-ARG por 2 a 0 na estreia da CONMEBOL Libertadores 2020. No clube desde 2018, o arqueiro acumula 58 vitórias, 29 empates e apenas 14 derrotas e já possui uma marca extremamente expressiva: ele detém a segunda menor média de gols sofridos dentre os goleiros palmeirenses em todos os 105 anos de história do clube.

Weverton levou somente 62 gols em 101 jogos, um média de 0,613 gol sofrido por duelo. Com este número, o acreano só fica atrás do paraguaio Benítez, com média de 0,54 (13 gols sofridos em 24 jogos); na terceira colocação, aparece o também paraguaio Gato Fernández, 0,62 (22 gols em 35 jogos). São considerados somente goleiros com ao menos dez jogos disputados pelo Verdão.

O camisa 1 ainda soma 55 jogos sem sofrem gols pelo Palmeiras, número que o coloca na terceira colocação do ranking de goleiros com mais partidas sem ser vazado no século 21, atrás apenas de Marcos (107 jogos) e Fernando Prass (101). Em uma única temporada, Weverton é o recordista do século com 26 jogos sem sofrer gols em 2019.

BRUNO HENRIQUE ESTÁ A UM GOL DO TOP 5 DE ARTILHEIROS DO ALLIANZ PARQUE

O volante Bruno Henrique completou, diante do Tigre-ARG, na primeira rodada, sua 150ª partida pelo Palmeiras – o capitão da equipe no título do Campeonato Brasileiro de 2018 só tem menos duelos no atual elenco do que Vitor Hugo (151), Willian (161) e Dudu (303).

Ao todo, em 151 jogos, são 90 vitórias, 36 empates e 25 derrotas desde que chegou ao clube, em 2017. Essa é a quarta edição de CONMEBOL Libertadores do meio-campista pelo Verdão –foram dois jogos em 2017; dez duelos e três gols em 2018; e nove confrontos em 2019.

Com 28 gols marcados, Bruno Henrique está na quinta colocação dos volantes com mais tentos na história do Alviverde atrás apenas de Dudu e Magrão, ambos com 29, de Marcos Assunção, com 31, e de Zequinha, com 41.

Além disso, com 11 gols já anotados no Allianz Parque, está perto do top 5 dos atletas que mais fizeram gols na arena palmeirense: precisa de apenas mais uma bola na rede para igualar Rafael Marques, com 12. Na quarta posição, está Deyverson, com 13; na terceira, vem Willian Bigode, com 15; na vice-artilharia aparece Borja, com 19 gols; e na liderança, Dudu, goleador máximo com 32 bolas na rede.

ELENCO ALVIVERDE TEM 19 JOGADORES QUE JÁ DEFENDERAM O CLUBE NO TORNEIO

Dos 30 jogadores inscritos pelo Palmeiras na Libertadores, 19 haviam defendido o clube em outras edições do torneio continental. São eles: Weverton e Jailson (goleiros), Marcos Rocha, Mayke, Victor Luis, Diogo Barbosa (laterais), Vitor Hugo, Luan, Emerson Santos, Felipe Melo e Gustavo Gomez (zagueiros), Bruno Henrique, Zé Rafael, Raphael Veiga, Lucas Lima, Gustavo Scarpa (meio-campistas) e Dudu, Luiz Adriano e Willian (atacantes).

O atacante Dudu, com 33 jogos, é quem mais atuou, seguido por Willian, Bruno Henrique e Felipe Melo (22). Willian e Gustavo Scarpa são os artilheiros do elenco no torneio, com seis gols cada – um à frente de Dudu, com cinco. Dois já venceram a CONMEBOL Libertadores por outras equipes: Marcos Rocha (Atlético-MG, em 2013) e Willian (Corinthians, 2012).

LUXEMBURGO É O 2º TÉCNICO COM MAIS JOGOS PELO VERDÃO NA LIBERTADORES

Com duas edições de Libertadores disputadas pelo Palmeiras (1994 e 2009), Vanderlei Luxemburgo é o segundo técnico que mais vezes dirigiu o Verdão no torneio continental: 21 vezes, atrás apenas de Luiz Felipe Scolari (41 vezes). Luxa também é o segundo que mais acumula vitórias no torneio: são dez triunfos – atrás só de Scolari, com 24 vitórias –, além de quatro empates e sete derrotas, com 35 gols marcados e 19 sofridos.

No hall dos técnicos brasileiros com mais partidas pela Libertadores, considerando os jogos somados por qualquer clube, Vanderlei Luxemburgo figura na quinta colocação, com 60 duelos. À sua frente, estão Renato Gaúcho (4º, com 63), Tite (3º, com 67), Luiz Felipe Scolari (2º, com 74) e Muricy Ramalho (líder no quesito, com 79 duelos).

Dados do elenco em 2020:

Atletas com mais jogos disputados:

Weverton, Gustavo Gómez, Zé Rafael e Willian (12).

Gols marcados:

Willian (8); Dudu, Luiz Adriano e Lucas Lima (2); Marcos Rocha, Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Gustavo Gómez e Raphael Veiga (1).

Assistências:

Willian, Zé Rafael e Marcos Rocha (2); Dudu, Wesley, Lucas Lima, Luiz Adriano, Gabriel Menino, Gabriel Veron, Bruno Henrique e Rony (1).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 02 de Abril de 2020
10:00
Receita do Dia
Quarta, 01 de Abril de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)