Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/11/2009 13:05

Palmeiras e Corinthinas disputam uma final no interior

Gazeta Esportiva

Se fosse levada em conta a pontuação do Campeonato Brasileiro, apenas o Palmeiras teria motivação para buscar uma vitória no clássico deste domingo. Mas toda a diferença na tabela é apagada quando os rivais se encontram. Às 16 horas (de Brasília), no estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, o Corinthians promete um espírito de decisão para atrapalhar o adversário na briga pelo título nacional, mesmo sem objetivos até o fim da temporada.

Portanto, o Palmeiras está ciente de que precisará de cuidado frente ao rival, embora tenha alcançado uma reabilitação com autoridade no Brasileirão diante do Goiás. "Ganhar ou perder do Corinthians é normal. Vamos enfrentar um clube grande. É um clássico", alerta Diego Souza.

O discurso respeitoso é partilhado pelo Corinthians. Para o técnico Mano Menezes, a goleada que o Palmeiras aplicou na rodada passada prova a força do elenco comandado por Muricy Ramalho. "Mas também vencemos um adversário difícil, o Vitória, fora de casa. O Palmeiras é uma grande equipe, que está brigando pelo título e seria complicado de qualquer maneira", diz.

O time alviverde espera manter a pegada demonstrada na sua mais recente apresentação. Depois de quatro partidas sem vencer, os comandados do técnico Muricy Ramalho foram verdadeiros leões contra o Goiás. "Não podemos mudar a postura, a vontade que tivemos e a estrutura tática de jogar no erro do adversário", explica Diego Souza.

Do outro lado do campo, estará uma equipe com a mesma determinação. As críticas em relação à falta de vontade do Corinthians no Campeonato Brasileiro foram esquecidas. "Será um jogo de forte marcação, pois o Palmeiras mudou o seu jeito de jogar e vai entrar em campo dessa forma, como o Muricy gosta. A gente sabe que precisa igualar nesse ponto", avisa Mano Menezes.

Em favor do Palmeiras, há um tabu de pouco mais de três anos sem derrota no clássico. A última vez em que o Corinthians superou o rival foi em 25 de outubro de 2006, por 1 a 0, com gol marcado pelo volante Marcelo Mattos, que retornou este ano ao Parque São Jorge. Em compensação, o técnico Muricy Ramalho também não vence o rival desde maio do mesmo ano, na primeira temporada em que dirigiu o São Paulo.

Experiente, o treinador tem consciência da importância do encontro entre Palmeiras e Corinthians. "É um compromisso duríssimo e não dá para ter euforia. Tenho que segurar os jogadores. Devemos continuar firmes porque todos os concorrentes vão fechar a competição com força", prevê Muricy Ramalho.

Mano Menezes também tem um tabu pessoal em jogo neste final de semana. Nunca ganhou do Palmeiras em sua trajetória pelo Corinthians. "Acho importante vencer todos os grandes adversários, e o Palmeiras é um deles", minimiza o técnico.

Os dois treinadores têm baixas em suas equipes. O ataque deve ser o ponto forte do Palmeiras. Além de Obina, que marcou três gols no clássico do primeiro turno e repetiu a façanha contra o Goiás, Muricy Ramalho conta com o retorno de Vagner Love. Em contrapartida, o meio-campo está extremamente desfalcado. Junto com Pierre e Cleiton Xavier, não jogam os volantes Sandro Silva (suspenso) e Edmilson (contundido).

No Corinthians, as ausências se concentraram nas laterais. O destro Alessandro fraturou a face na partida contra o Vitória. Já o canhoto Marcelo Oliveira sofreu contusão muscular na coxa esquerda no mesmo jogo. Assim, Mano Menezes precisará improvisar. Provavelmente optará pelo volante Jucilei na direita e pelo paraguaio Balbuena na esquerda.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)