Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/11/2006 10:04

Palmeiras dá a sua explicação sobre o caso Deola

Palmeiras

O goleiro Eliton Deola (23 anos), jogador de futebol profissional, formado nas categorias de base da Sociedade Esportiva Palmeiras e que, atualmente, está emprestado ao Guarani Futebol Clube, da cidade de Campinas, fez, nesta terça-feira, declarações nada amistosas contra o clube que o revelou.

Com relação às infelizes declarações do atleta Deola, a diretoria da Sociedade Esportiva Palmeiras tem a esclarecer que, conforme contrato firmado com o Guarani Futebol Clube, com a concordância e anuência do atleta de forma irrevogável e irrestrita (cláusula VIII), a cláusula X, do mesmo contrato, rege que o profissional deverá esgotar os procedimentos de cobranças pelo inadimplemento junto ao Guarani F.C. e somente após o já citado esgotamento, comunicar o clube de origem. Em 16 de novembro oficiou o Depto. Jurídico do Palmeiras, entretanto, já em 02 de outubro, o departamento de futebol, via fax, oficiava o Guarani F.C. cobrando os comprovantes de pagamento ao atleta, inclusive o recolhimento dos encargos trabalhistas (cláusula IX). Tornando inverídicas as afirmações de abandono.

Esclarece-se, ainda, com relação à sua vontade de não mais ter interesse em vestir a camisa do Palmeiras, fica-lhe o direito do pagamento da “cláusula penal” de seu contrato que hoje é de US$ 3,050 milhões. Aliás, mesma quantia que o Guarani F.C. teria que pagar caso a S.E. Palmeiras viesse a perder o vínculo desportivo do atleta (cláusula XIII).

Contestando-se o atleta, complementarmente, informa-se que foram feitas gestões junto ao Guarani F.C., na pessoa do senhor Wilson Coimbra, pelo assessor da presidência, Dr. Antonio Carlos Corcione visando a liberação do pagamento dos honorários atrasados.

Confirma-se que o atleta já recebeu parte dos atrasados e que a regularização das pendências ocorrerão já partir do dia 30 próximo futuro por parte do Guarani F.C.

O departamento de futebol encaminhou o teor das declarações feitas pelo atleta, junto à mídia, para deliberações do Depto. Jurídico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)