Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/05/2004 13:49

Palloci reage a críticas da Força Sindical

Daniel Lima/ABr

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, reagiu às acusações do presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, de que estaria sendo arbitrário ao receber em audiência para discutir a correção da tabela do Imposto de Renda apenas os representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Segundo o dirigente, a Força Sindical só na noite de ontem foi informada que o ministro receberia apenas representantes da CUT.

Por meio da assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda, o ministro Palocci divulgou a seguinte nota:

" 1 - Em nenhum momento foi marcada ou confirmada na semana passada audiência do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, com as centrais sindicais para discutir a correção da tabela do Imposto de Renda.
2 - Em nenhum momento foi marcada reunião do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, com a Força Sindical para discutir a correção da tabela do Imposto de Renda.
3 - O Ministro da Fazenda, Antonio Palocci, marcou audiências amplamente divulgadas pela imprensa com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a pedido do presidente José Lopez Feijóo, para discutir a correção da tabela do Imposto de Renda e a Lei de Falências. O Presidente Feijóo tem participado destas audiências acompanhado de outros sindicalistas. Uma dessas reuniões ocorrerá hoje às 15 horas, conforme foi anunciado publicamente.
4 - Existe um pedido de audiência da Força Sindical, feito nos últimos dias, com o Ministro da Fazenda, Antonio Palocci, para discutir a correção da tabela do Imposto de Renda. O pedido está em exame.
5 - No dia 5 de maio a Força Sindical enviou ofício ao Ministério da Fazenda pedindo confirmação de sua presença em reunião do Ministro Palocci com centrais sindicais. No mesmo dia a Força Sindical foi informada que não havia reunião agendada com centrais sindicais.
6 - Ontem houve um último contato com a Força Sindical, com a assessora do Presidente chamada Mara, onde foi estabelecido como indicativo que a audiência com a Força Sindical poderia ocorrer na próxima semana".

A íntegra da nota da Força Sindical, assinada por Paulo Pereira da Silva:

"Política de compadres?

É vergonhoso presenciar um governo que foi eleito sob o manto democrático atuar de forma turva e nebulosa. Após as centrais sindicais confirmarem uma audiência na semana passada com o ministro da Fazenda, AntonioPalocci, para discutir a correção da tabela do Imposto de Renda, fomos informados apenas no final da noite de ontem (10/5) que o ministro iria receber apenas representantes da CUT. É no mínimo suspeita essa atitude. Estarrecidos diante de tal arbitrariedade, já que a Força Sindical representa grande parte dos trabalhadores brasileiros, só nos resta questionar: será que essa reunião vai resultar em benefício aos trabalhadores? Não será um acerto de compadres? Vale lembrar que a Força Sindical anseia há tempos pela correção da tabela. Fizemos diversas manifestações pelo país e cobramos a correção desde o governo passado. Pelo que estamos presenciando, parece óbvio que a cada dia fica mais claro que esse governo segue norteado por troca de favores com os militantes e se pauta por uma política feita na calada da noite. É de estranhar atitude como esta de quem prega a necessidade de transparência e conciliação para a formatação de acordos essenciais ao atual momento".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)