Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/07/2004 08:28

Palace II: Juiz manda pagar indenizações

Aline Beckestein/ABr

O Juiz Luiz Felipe Salomão, da 4ª Vara Empresarial de Justiça do Rio, expediu ofício ontem reiterando a ordem de pagamento de indenizações no valor de R$ 113 mil a 82 famílias que residiam Edifício Palace II, na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio), quando o prédio desabou em 1998. O pagamento deveria ter ocorrido na sexta-feira passada, mas foi sustado pela juíza Frana Elizabeth Mendes, da 7ª Vara de Execução Fiscal do Tribunal Regional Federal.

Um ofício enviado pela juíza à agência Banco do Brasil onde estão depositados cerca de R$ 9 milhões determinou que as indenizações não fossem pagas, pois o dinheiro deveria ser reservado para quitar uma dívida de R$ 22 milhões do empresário Sérgio Naya com a União. A indenização, contudo, só deverá estar garantida a dez das famílias que deram entrada no pedido na sexta-feira passada e que, de acordo com a lei, devem receber o dinheiro até amanhã.

As outras 72 família, que deram entrada ontem e que, portanto, deveriam receber até quarta-feira, dependem ainda da decisão da desembargadora Célia Meliga, da 18ª Câmara Civil. A desembargadora solicitou o envio de mais informações, para julgar se mantém a ordem de pagamento às famílias ou se o dinheiro, arrecadado com o leilão de um dos hotéis de Naya, deve ir para os cofres públicos.

O desabamento do edifício Palace II matou oito pessoas, no dia 22 de fevereiro de 1998. A obra era da Contrutura Sersan, do empresário e ex-deputado (cassado) Sérgio Naya.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)