Cassilândia, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

27/07/2004 08:28

Palace II: Juiz manda pagar indenizações

Aline Beckestein/ABr

O Juiz Luiz Felipe Salomão, da 4ª Vara Empresarial de Justiça do Rio, expediu ofício ontem reiterando a ordem de pagamento de indenizações no valor de R$ 113 mil a 82 famílias que residiam Edifício Palace II, na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio), quando o prédio desabou em 1998. O pagamento deveria ter ocorrido na sexta-feira passada, mas foi sustado pela juíza Frana Elizabeth Mendes, da 7ª Vara de Execução Fiscal do Tribunal Regional Federal.

Um ofício enviado pela juíza à agência Banco do Brasil onde estão depositados cerca de R$ 9 milhões determinou que as indenizações não fossem pagas, pois o dinheiro deveria ser reservado para quitar uma dívida de R$ 22 milhões do empresário Sérgio Naya com a União. A indenização, contudo, só deverá estar garantida a dez das famílias que deram entrada no pedido na sexta-feira passada e que, de acordo com a lei, devem receber o dinheiro até amanhã.

As outras 72 família, que deram entrada ontem e que, portanto, deveriam receber até quarta-feira, dependem ainda da decisão da desembargadora Célia Meliga, da 18ª Câmara Civil. A desembargadora solicitou o envio de mais informações, para julgar se mantém a ordem de pagamento às famílias ou se o dinheiro, arrecadado com o leilão de um dos hotéis de Naya, deve ir para os cofres públicos.

O desabamento do edifício Palace II matou oito pessoas, no dia 22 de fevereiro de 1998. A obra era da Contrutura Sersan, do empresário e ex-deputado (cassado) Sérgio Naya.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
20:53
Loteria
09:00
Maternidade
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
20:55
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)