Cassilândia, Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

19/09/2003 14:26

Paim saiu animado do encontro que teve com o presidente

Agência Senado

O senador Paulo Paim (PT-RS) disse ter saído animado da reunião entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a bancada petista no Senado, ocorrida nesta quinta-feira (18) no Palácio do Planalto, destinada a discutir as reformas tributária e previdenciária, bem como a montar a estratégia para a aprovação das alterações constitucionais no Senado, em pronunciamento feito hoje no Senado Federal.

Paulo Paim informou que a reforma previdenciária dominou o encontro. Ele observou que Lula se mostrou sensível com relação ao aprofundamento dos debates em torno da proposta, já que foram apresentadas à matéria, já aprovada pela Câmara dos Deputados, mais de 300 emendas.

O senador também viu com simpatia a decisão do presidente de determinar ao ministro da Previdência Social, Ricardo Berzoini, o estudo das principais emendas apresentadas pelos senadores à proposta, consideradas as mais polêmicas, entre as quais as que tratam do subteto, de regras de transição para aposentadoria e da contribuição dos inativos.

O 1° vice-presidente do Senado também se mostrou satisfeito com a aprovação, pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, na última quarta-feira, de proposta de emenda à Constituição n° 393/2001, de sua autoria em conjunto com o deputado Inácio Arruda (PCdoB-CE), que reduz a jornada de trabalho das atuais 44 horas semanais para 40 horas, já a partir de 2004. O projeto prevê que, numa segunda etapa, haja uma progressiva redução, até atingir 36 horas semanais.

- Ao aprovar a nossa PEC, a Câmara deu um grande passo para a solução do maior e mais grave problema com o qual convive hoje a sociedade brasileira: o desemprego - alertou Paulo Paim, ao afirmar que a redução em quatro horas semanais propiciará ao país, de imediato, a criação de pelo menos três milhões de novos empregos.

Ele disse que a redução da jornada interessa tanto aos empregados quanto aos empregadores. Isso ficou claro, notou, após a maioria dos integrantes do Fórum Nacional do Trabalho, composto por representantes de empresários, trabalhadores e do governo, mostrar-se favorável à diminuição da jornada, que, como observou, já é adotada em vários países, como a França.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 01 de Outubro de 2020
Quarta, 30 de Setembro de 2020
17:50
Ituiutaba, Minas Gerais: confira o boletim coronavírus desta quarta-feira
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)