Cassilândia, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

Últimas Notícias

02/05/2018 15:00

Pai é suspeito de cobrar R$ 200 para deixar garota de 11 anos ser estuprada por

Campo Grande News

Três homens, de 40, 56 e 58 anos, foram presos em flagrante nesta terça-feira (1º) no bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande, pelo estupro de uma menina de 11 anos. Entre os presos está o pai da criança, que admitiu ter recebido R$ 200 para ‘deixar’ a garota com os estupradores.

A polícia foi chamada por uma testemunha, que estranhou o fato de a criança estar frequentando a casa dos autores desde segunda-feira (30). Quando os militares chegaram, escutaram gritos de socorro dentro da residência.

Um dos policiais pulou o muro e arrombou a porta, quando a menina correu em sua direção. Um dos homens foi flagrado sem camisa e com a calça desabotoada.

De acordo com informações da Polícia Civil, a menina contou aos policiais que os homens estavam passando a mão nela, mas um dos autores negou e disse que ela estaria gritando por socorro quando brincava com um animal.

Confusão

Moradores se aglomeraram em frente à casa na tentativa de linchar os suspeitos. Como a Polícia Militar impediu o linchamento, a população passou, então, a arremessar pedras e paus contra os militares.

Diante da insistência dos vizinhos em ameaçar invadir a casa e linchar os autores, eles mas foram contidos com três disparos para o chão feitos pelos policiais. Os militares conseguiram dispersar a multidão, que gritava ‘Jack’, apelido para estupradores na cadeia, e concluiu as prisões em flagrante.

O pai da menina foi encontrado em outra casa na região, trabalhando como pedreiro. Aos policiais, ele contou que teria deixado a filha na casa dos suspeitos e admitiu que teria recebido da dupla R$ 200 para ‘comprar mistura’.

À polícia, o pai afirmou que essa não foi a primeira vez que ele deixava a menina com os homens. Mas foi a primeira vez que recebeu dinheiro para permitir que a filha ficasse com os homens. Ele contou à polícia que não tinha conhecimento do que acontecia na casa e que havia deixado a filha aos cuidados de um dos autores para trabalhar.

A defesa de um acusados afirmou à reportagem que ele não sabia o que acontecia e não tinha praticado nenhum crime contra a menina.

Histórico

Um dos homens presos nesta terça (1º) acusado pelo estupro já seria inclusive conhecido na região como ‘Jack’ por abusar de crianças. O trio está preso na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 16 de Outubro de 2018
Segunda, 15 de Outubro de 2018
11:00
Mundo Fitness
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)