Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/06/2013 08:50

Pai e filha foram queimados vivos, confessa adolescente envolvido no crime

Francisco Júnior, Campo Grande News
Fazenda onde pai de filha foram mortos. (Foto: Angela Bezerra, do Edição MS)Fazenda onde pai de filha foram mortos. (Foto: Angela Bezerra, do Edição MS)

Passados 13 dias do crime, a Polícia apreendeu um adolescente de 15 anos envolvido no assassinado do pecuarista Oscar Serrou Camy, de 78 anos, e de sua filha Marta Serrou Camy, de 44 anos, ocorrido no dia 2 deste mês na fazenda Araras, em Pedro Gomes, cidade distante 309 quilômetros de Campo Grande.

A Polícia ainda procura mais dois rapazes identificados pelos nomes de Carlos e Robson apontado pelo adolescente como sendo os autores do duplo homicídio.

O delegado responsável pela investigação, Amylcar Eduardo Romero, apresentou detalhes do depoimento do garoto acerca do crime.

O adolescente relatou que conheceu Robson e Carlos há mais de dois anos. Um dia antes do crime, a dupla foi até o assentamento onde o adolescente morava. No local, eles ficaram sabendo por meio de um homem, que seria líder do assentamento, de que Oscar estava precisando de funcionários para extração de madeira.

O líder ligou para o pecuarista informando que tinha duas pessoas para trabalhar em sua propriedade. Com isso, Oscar foi até o assentamento, na companhia da filha, para buscar a dupla, que seguiu para a fazenda e trabalhou até às 18 horas do dia primeiro deste mês.

No domingo, dia do crime, Carlos e Robson convidaram o adolescente para ir até a fazenda tomar tereré, porém, segundo o garoto, somente no caminho os comparsas revelaram que a intenção era assaltar pai e filha.

Na fazenda, os três foram recebidos pelas vítimas. Conforme o adolescente, depois de serem servidos com tereré na casa da família, Robson foi até os fundos e pegou uma barra de ferro, pedindo para o adolescente se afastar, pois iriam matar o “velho”.

Oscar ouviu a conversa e se trancou num quarto, enquanto Marta correu para os fundos da residência. Carlos ficou batendo na porta para arrombar e Robson ficou segurando a mulher.

Ao conseguir entrar no quarto, Carlos derrubou Oscar no chão e pediu que o adolescente chutasse, sempre exigindo dinheiro.

Diante da negativa do pecuarista sobre o dinheiro, Carlos desferiu um golpe na cabeça dele, causando um ferimento. Desesperada, do lado de fora da casa, Marta implorava que não matassem seu pai. Em seguida, o adolescente e Carlos começaram revirar a casa em busca de dinheiro.

Segundo o adolescente, a mulher foi levada para dentro da casa e foi agredida e estuprada por Carlos e Robson, que em seguida chamaram o adolescente para participar da tortura. De acordo com o adolescente, ele também estuprou a vítima, que estava com um pano na boca para não gritar.

Depois do adolescente, Carlos e Robson voltaram a estuprar Marta, até que Robson fez com que ela desmaiasse.
A mulher foi levada para o quarto onde estava o pai. Lá, colocaram um colchão em cima de pai e filha, que estavam vivos, jogaram álcool e atearam fogo, relatou na delegacia o adolescente.

Enquanto as vítimas eram queimadas, os três bandidos continuaram vasculhando a residência. Eles encontraram R$ 930,00 e um revólver de calibre 38 com quatro munições intactas e uma deflagrada.

Além do dinheiro e da arma, o trio levou uma bicicleta e algumas roupas das vítimas.

O adolescente informou que o carro da família não foi levado porque nenhum dos três sabia dirigir. Eles também não pegaram os celulares por medo de serem rastreados.

Conforme o adolescente, os três deixaram a fazenda a pé, empurrando a bicicleta, e num determinado ponto, antes da fazenda Bananal, Carlos e Robson tomaram rumo ignorado, sendo que o adolescente foi para o assentamento Recreio, que fica no entroncamento das rodovias MS-215 e BR-163.

Depois de almoçar, o adolescente até às 16 horas e voltou a encontrar os comparsas, ficando os três juntos no local. Porém, no meio da semana Carlos e Robson fugiram para a região de Sonora, pois estavam com medo de ser pegos pela Polícia.

Com base nas características da dupla informada pelo adolescente, a Polícia vai produzir retratos falados na tentativa de localizá-la. O adolescente informou que Carlos é baixo, magro e moreno, possui duas tatuagens da panturrilha da perna direita, numa delas está escrito “Deus nunca faltarás” e a outra é uma folha de maconha. Nas costas de Carlos está tatuado um palhaço e nas costelas a foto de sua mãe, totalizando quatro desenhos no corpo.

Já Robson é alto, magro e moreno e tem duas tatuagens. No braço direito tem desenhos de chamas de fogo e no pulso do braço esquerdo de uma cobra. O adolescente confessou que a barra de ferro usada foi levada para o assentamento e transformada em estaca.

O delegado pediu a internação do garoto, que foi deferida pela Justiça. (Com informações do site Edição MS)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)