Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

17/10/2008 15:46

Padre queima dinheiro e abre crise política em Amambai

Fernanda França/Campo Grande News

Revoltado com declarações do vice-prefeito eleito de Amambai, José Aguiar (DEM), que qualificou eleitores do município de “papa hóstias”, o padre Felix Vecka queimou dinheiro durante uma missa celebrada sábado na Igreja Matriz.

A atitude, no mínimo estranha, chocou alguns fiéis que acompanhavam a celebração. De acordo com informações de pessoas que estavam no local, o padre queimou uma nota de R$ 100 e, em seguida, rasgou um maço de notas estimado em R$ 900.

Com a queima do dinheiro, o padre tentou passar a mensagem que tanto José Aguiar quanto o prefeito eleito, Dirceu Lanzarini (PR), teriam comprado votos para se eleger.

O sacerdote, segundo relataram alguns moradores do município, desafiou a crença dos fiéis em Nossa Senhora Aparecida e na própria hóstia, o que deixou muita gente revoltada.

“Fiquei indignada e sem resposta quando meu filho me perguntou se o aadre havia queimado e rasgado o dinheiro”, disse uma fiel que não quis se identificar, mas que acompanhou a cena dentro da igreja.

“O padre duvidou da nossa fé ao insinuar que deixamos de crer em Nossa Senhora Aparecida e na hóstia sagrada por termos exercido nosso livre e constitucional direito de votar em quem quer que seja. E olha que não votei nos candidatos insinuados pelo padre”, disse outro fiel que também se sentiu constrangido com a ação do líder católico.

Panos quentes – Na segunda-feira (13), dois dias após o incidente, Lanzarini se reuniu com o padre e com líderes da Igreja Católica local, na tentativa para colocar “panos quentes” na situação.

“Tive uma longa e produtiva conversa com o padre e os membros da direção da igreja e todo esse mal entendido foi desfeito. Para mim, esse assunto acabou”, disse o prefeito eleito ao site Gazeta News.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)