Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/03/2007 07:30

Padre Gerson era polêmico e tinha forte personalidade

Na tarde desta segunda-feira, 5 de fevereiro, foi encontrado em um IML da periferia de São Paulo, Capital, o corpo do Padre Gerson Antônio da Silva, que foi pároco em Chapadão do Sul de 1.999 até o final de 2001.

De Chapadão do Sul Gerson foi para o Estado do Tocantins, depois para Limeira (SP) e por fim estava na Paróquia Santa Mônica, na periferia de São Paulo.

Tinha o padre o seu pai vivo, três irmãs e um irmão falecido em 2004, todos de Brasília, para onde o seu corpo será transladado.

A reportagem da jovemsulnews tentou contato telefônico com a Paróquia Santa Mônica, para saber dos detalhes da morte do padre, mas não obteve sucesso.

Esteve o Padre Gerson em Chapadão do Sul em dezembro de 2005 para celebrar uma missa especial em comemoração à formatura do médico Gustavo Scorsatto Batista, filho do Dr. Paulo R. Dias Batista e de Rúbia Scorsatto Batista, tradicional e pioneira família do município.

Até o momento não se tem informações do motivo da morte ou como ela ocorreu. Sabe-se apenas que o padre saiu de casa na quinta-feira, dia 1º de março, e não mais voltou. Como tinha missa para celebrar na sexta-feira, os fiéis iniciaram uma busca e encontraram o seu corpo em um IML da capital paulista.

UMA PERSONALIDADE FORA DO COMUM.

Padre Gerson passou como um furacão por Chapadão do Sul.

Dono de uma personalidade forte era extrovertido e polêmico.

Tinha na veia o sangue da política e ao que parece uma enorme queda para o PT, cujos políticos sempre defendia e apoiava.

Cobrava muito das autoridades constituídas.

Conduzia a comunidade católica ao seu estilo e de Minas Gerais, onde nasceu, trouxe as antigas tradições católicas, como as procissões da Semana Santa.

Na missa inventava palavras fora do missal. Até hoje após a celebração da consagração o povo ainda diz: “eu creio, mas aumentai a minha fé”, tradição que acabou ficando em Chapadão do Sul, mesmo não existindo no cerimonial da igreja.

Na comunidade apresentava-se como um padre fora dos padrões esperados de um padre.

Na primeira EXPOSUL que presenciou em Chapadão do Sul, em 1999, entrou na arena de rodeio ao lado dos peões.

Se deixou algumas pessoas céticas quanto ao seu modo de agir como padre, é certo que fez muitos amigos.

Para as pessoas mais próximas padre Gerson tinha um enorme coração de bondade. Nunca deixava um necessitado sem apoio ou com fome se o procurasse, mesmo sacrificando a dispensa da casa paroquial.

Padre Gerson, mais uma vítima da violência estúpida e cruel, deixará saudades.


Autoria: Jovemsulnews (Norbertino/Fernandes)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)