Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/09/2014 08:31

Padrasto não estuprou menina morta na quinta, diz laudo preliminar

Campo Grande News

A menina de dois anos, morta na quinta-feira (18) após ser espancada pelo padrasto, não sofreu violência sexual. A constatação é do laudo preliminar, entregue na sexta-feira à delegada Regina Márcia da Mota Rodrigues da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

A delegada informou que os médicos não identificaram “sinais externos que indiquem a violência sexual”. Também revelou que o hímen não foi rompido e os órgãos internos estavam inalterados, não havendo sinal do estupro.

Porém o laudo definitivo ainda pode indicar o estupro. “Estamos esperando o laudo definitivo, onde serão feitos alguns exames, após uma coleta de materiais, mas a princípio não houve estupro”, alegou à delegada.

O pai da menina, Anderson de Giuli, 37 anos, afirmou, durante o velório da filha no município de Bandeirantes, a 70 quilômetros de Campo Grande, que ele havia recebido um laudo comprovando o estupro, mas a versão foi descartada pela delegada após o recebimento do documento.

Inquérito – Conforme Regina, o vizinho que socorreu a criança e chamou a polícia será ouvido esta semana, assim o “inquérito policial estará praticamente encerrado”.

A menina morreu após, ser supostamente agredida pelo padrasto, Fernando Floriano Duarte, 33, que está preso e foi indiciado por homicídio doloso. Ele pode ser condenado até a 30 anos de prisão.

Duarte sempre negou o abuso sexual na criança, mas admitiu que ficou fora de controle. Após a menina ser agredida, ele a deixou com o irmão de 7 anos e foi a um bar, onde bebeu, e depois raspou o cabelo. A menina foi socorrida pela mãe e morreu no posto de saúde.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)