Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

08/04/2016 16:30

Pacientes pretendem ir à Justiça para garantir ‘pílula do câncer

EPharma Notícias

Pacientes em tratamento de câncer pretendem recorrer da decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, que autorizou a USP a interromper o fornecimento da substância química fosfoetanolamina sintética após acabar seu estoque. A notícia pegou os pacientes de surpresa. Na petição de suspensão de tutela antecipada, a Universidade de São Paulo argumentou que a liberação da substância coloca em risco a saúde de pacientes.

Cárita Almeida, advogada de dezenas de pacientes de estados como Rio Grande do Sul, Tocantins e Roraima, recebeu ligações e mensagens de dezenas de clientes nesta quarta-feira, que buscavam a confirmação da notícia. - Eles ligam e perguntam: "é verdade"? - diz.

Cárita informou que vai recorrer da decisão, para garantir a continuidade do recebimento das pílulas no caso de pacientes que obtiveram liminares.

- O recurso vai ser para forçar o governo do estado ao cumprimento das liminares dos processos em andamento, através dos laboratórios da Furp e de Cravinhos. Tem muito paciente esperando - explica a advogada.

- Estamos muito contrariados. Comecei a tomar as cápsulas, mas não fiz de forma contínua porque as remessas vieram em setembro e depois no fim de novembro. O que queremos é mais uma esperança, o direito de tentar - conta Luciene Lopes Morum, 51 anos, de Brasília, em tratamento de um tumor de ovário. Ela descobriu a doença há seis anos e faz também o tratamento convencional. Em setembro, recebeu 120 cápsulas de fosfoetanolamina. Em novembro, em outra remessa, conseguiu mais 90 cápsulas. Desde então, nunca mais obteve as cápsulas.

- A gente dá uma desanimada, mas vou continuar acompanhando - fala Luciene.

Procurada, a USP não quis se manifestar. A universidade também não informou quanto da substância ainda tem em estoque.

A decisão foi dada no julgamento de ação proposta pela Universidade de São Paulo (USP). A fosfoetanolamina foi distribuída por mais de duas décadas, informalmente, por pesquisadores da USP.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)